Três slides exclusivos para divulgar sua marca ou empresa. Link para sua matéria ou site e um letreiro informativo do produto. CONTATOS: whatsapp +591.6584.8468 ou E-mail: netcina@hotmail.com
VC Repórter! Whatsapp: +591.6584.8468 - Envie Notícias, Fotos, Áudios e Vídeos. Whatsapp: +591.6584.8468 ou E-Mail: Netcina@hotmail.com

REVALIDAR 2011 - Inscrições abertas para revalidar diploma médico obtido no exterior

Data: quinta-feira, 30 de junho de 2011 | Horário: 14:29

As inscrições para o Revalida – Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por universidades estrangeiras – estão abertas, pela internet, até o dia 10 julho. Médicos formados fora do Brasil poderão revalidar seus diplomas pela prova unificada e, assim, otimizar tempo e investimento financeiro. O edital publicado nesta segunda-feira (27) no Diário Oficial da União abre as inscrições e traz as datas das provas e os requisitos para a avaliação.

O exame será aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em colaboração com a subcomissão de Revalidação de Diplomas Médicos, da qual participam representantes dos ministérios da Saúde, Educação e Relações Exteriores, Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais do Ensino Superior (Andifes) e Inep.


As provas teóricas (objetiva e discursiva) estão marcadas para o dia 28 de agosto. As questões objetivas serão aplicadas pela manhã (das 8 às 13 horas) e as discursivas no período vespertino (das 15 às 18 horas).

Os candidatos poderão fazer as provas da primeira etapa em seis capitais: Manaus, Fortaleza, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Campo Grande e Brasília. A segunda etapa, que avaliará as habilidades clínicas dos candidatos em prova prática, está programada para os dias 1º e 2 de outubro, em Brasília.

A elaboração de um novo modelo para a revalidação dos diplomas obtidos por estudantes em universidades estrangeiras teve início no ano passado, a partir de projeto-piloto do qual participaram 25 universidades públicas. Participaram do projeto 628 candidatos com diplomas oriundos de 32 países. Atualmente, os alunos formados em medicina em universidades de outros países precisam revalidar seus diplomas em alguma instituição pública de ensino superior. O processo, porém, é moroso e não padronizado, já que cada instituição adota um procedimento próprio. Com o exame nacional, Ministério da Saúde e MEC pretendem unificar o processo, com critérios técnicos e conceituais claros.

Ana Estela Haddad, diretora de Programa da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde, explica que o governo instituiu esse método de avaliação para “garantir aos médicos formados no exterior um processo de avaliação justo, transparente e financeiramente acessível. A matriz curricular oferecerá aos candidatos a oportunidade de se preparar para a prova que agora é anual. A prova também permite uma efetiva avaliação do candidato, no mesmo nível do que se exige para o médico formado no Brasil”. A expectativa é de que, com o exame nacional, o processo seja realizado num intervalo de seis meses a um ano.

O edital do Revalida 2011 foi publicado pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) no Diário Oficial da União desta segunda-feira (27). Veja o edital aqui.

A taxa de inscrição da primeira fase é de R$ 100,00 e da segunda R$ 300,00. Os candidatos que participaram do projeto piloto estarão isentos do pagamento da taxa relativa à primeira etapa de avaliação. A inscrição será realizada exclusivamente via internet no site: http://revalida.inep.gov.br/inscricao. Antes de efetuar sua inscrição, o participante deverá certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para participar do exame.. Antes de efetuar sua inscrição, o participante deverá certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para participar do exame.

Alguns requisitos para participação no Revalida:

· Ser brasileiro ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil;
· Ser portador de diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecido no país de origem pelo seu ministério da educação ou órgão equivalente, e autenticado pela autoridade consular brasileira;
· O candidato deverá enviar imagens do diploma – frente e verso – como solicitado pelo sistema de inscrição;
· Ao preencher o requerimento de inscrição o candidato deverá selecionar a universidade pública brasileira (dentre as 37 universidades que aderiram ao Revalida) à qual a revalidação de seu diploma estará vinculada;

Os locais de prova deverão ser divulgados no site do exame (http://revalida.inep.gov.br). Os gabaritos oficiais preliminares da prova objetiva e os padrões de resposta da prova discursiva serão divulgados no mesmo endereço a partir das 19 horas na data provável de 29 de agosto. Está prevista para o dia 20 de setembro, a divulgação do resultado final da primeira fase da avaliação. ). Os gabaritos oficiais preliminares da prova objetiva e os padrões de resposta da prova discursiva serão divulgados no mesmo endereço a partir das 19 horas na data provável de 29 de agosto. Está prevista para o dia 20 de setembro, a divulgação do resultado final da primeira fase da avaliação.


Relação das 37 instituições que aderiram ao Revalida:

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS (UFGD),
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA (UNIR),
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UNB),
UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ (UNITAU),
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS (UEA),
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE
ALAGOAS (UNCISAL),
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA (UEL),
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ (UESC),
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ (UNIOESTE),
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (UFBA),
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS (UFAL),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE (UFCG),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS (UFG),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA (UFJF),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL (UFMS),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO (UFOP),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS (UFPEL),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO (UFPE),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA (UFRR),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA (UFSC),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE (UFS),
UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA (UFU),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE (UFAC),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS (UFAM),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ (UFC),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO (UFMA),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ (UFPI),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE (FURG),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS),
UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO (UFTM),
UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU (FURB).

Fonte: Ministério da Saúde