Ciência dá passo gigante e pesquisadores criam espermatozoides em vitro

Pesquisadores franceses anunciaram, em torno de muita polêmica, um dos passos mais significativos da ciência nos últimos anos: a criação de espermatozoides humanos in vitro. 

De acordo com os especialistas da Kallistem, empresa que financiou a pesquisa, os resultados são “algo sem precedentes em todo o mundo”.

Os espermatozoides em questão foram produzidos a partir de “biópsias testiculares de pacientes que tinham apenas células germinais imaturas”. Assim sendo, os pesquisadores acreditam que os resultados sejam passo decisivo para preservar e restaurar a fertilidade masculina — pesquisas apontam que há 50 anos foi observada uma redução de 50% no número de espermatozoides humanos.

“Os estudo pré-clínicos durarão até 2016 e os estudos clínicos começarão em 2017. É uma conquista importantíssima e que não tem precedentes para todo o mundo”, afirmou um porta-voz da Kallistem. Os resultados da pesquisa ainda não foram publicados por conta do tratamento de marcas e patentes posterior.

O anúncio feito pelos pesquisadores franceses veio acompanhado de reações negativas de boa parte da comunidade religiosa local. Religiosos apontam que a pesquisa é um erro pois “leva o homem a tentar assumir o papel de Deus”.

Fonte: Terra

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+