Comediante transexual que ganhou fama no YouTube morre em Minas Gerais

Morreu, no último sábado, em Diamantina, Minas Gerais, a comediante transexual Laila Dominique, de 39 anos, que ficou famosa com um vídeo publicado na internet, em que lança o bordão “cada faxina é um flash”, e participou do “Programa Eliana”, do SBT. 

A informação foi passada, em nota, pela assessoria de imprensa da artista. A causa da morte de Laila não foi divulgada.

"É com muita tristeza que a assessoria informa o falecimento da humorista Laila Dominique. Laila faleceu na Santa Casa de Diamantina, neste último sábado, nove de maio. Laila foi uma grande personalidade, sempre de bom humor e com grande carisma, se tornou a faxineira mais amada do Brasil.

Fez com que nossos domingos tivessem mais brilho e alegria. Solidarizamos aos familiares e amigos de Laila, na certeza de que o seu trabalho pela valorização do humor carismático brasileiro ficará eternizado na história", disse a nota, publicada nesta segunda-feira, na página oficial da comediante no Facebook.

O corpo de Laila, segundo o comunicado, foi sepultado nesta segunda-feira, no Cemitério de Diamantina. Na internet, centenas de fãs publicaram mensagens em homenagem à artista. A expressão “Laila Dominique” chegou a entrar na lista de termos mais citados do Twitter, os “Trending Topics”.

Laila chegou à TV após chamar a atenção com mais de 5 milhões de visualizações de seu vídeo. A humorista foi convidada para participar do quadro “Fenômenos do YouTube”, do programa de Eliana. O sucesso lhe garantiu uma vaga permanente na atração da emissora. Ela também chegou a participar dos programas de Sílvio Santos, também no SBT, e da Sabrina, na Record.

Fonte: Extra

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+