Ficar muito tempo sentado acumula gordura, fazendo o bumbum crescer

É algo que muitos de nós têm suspeitado por muito tempo. E agora os cientistas confirmaram que ficar sentado provoca um aumento de gordura.

Quanto mais se sentar, e mais tempo ficar sentado, irá fazer com que as células extras de gordura nas nádegas se expandam por toda a área.

Os cientistas na Universidade de Tel Aviv revelaram que essa “expansão celular” desempenha um papel-chave na produção de gordura, porque a pressão exercida sobre as células faz com que elas aumentem de tamanho em 50%. 

Eles analisaram o acúmulo de células de gordura no corpo e descobriram que a nutrição desempenha apenas um pequeno papel na perda de peso.

O professor Amit Gefen, do Departamento de Engenharia Biomédica, disse: "Nós queríamos descobrir por que uma vida sedentária resulta em obesidade. Descobrimos que as células de gordura expostas em quem se senta demais, sofre uma a pressão crônica e experimentam um crescimento acelerado das gotículas lipídicas, que são moléculas que carregam gorduras”, continua o professor.

O estudo revelou que as células de gordura mudam sua estrutura sob pressão e são susceptíveis a se expandir, levando às pessoas ao ganho de peso. "Quando eles ganham massa e alteram a sua composição, a expansão de células deformam as células vizinhas, forçando-as a se diferenciar e expandir", disse o professor Gefen, mostrando que o bumbum pode se expandir e ficar maior em pessoas que passam longos períodos do dia sentadas.

"Isso prova que você não é apenas o que você come. Você também é o que você sente, e que você está sentindo é a pressão do aumento de peso e da carga sustentada nos tecidos das nádegas no sofá. Se você pode aprender a controlar o ambiente mecânico de células, você pode, então, determinar como modular as células de gordura para produzir menos gordura".

Espera-se que a pesquisa seja um primeiro passo na busca de novas formas de tratamento de pessoas com problemas de peso no futuro.

Fonte: 
DailyMail

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+