Ipu (CE): Radialista ameaça servidor municipal; "Eu quebro a cara dele se não sair de perto"

O radialista Rogério Palhano já ameaçou várias pessoas e o retador do Portal Netcina, Luiz Fernando Lopes que já ouviu do mesmo durante o programa da Prefeitura Municipal de Ipu (PMI) que "desviasse caminho para não passar na rua que radialista passar".

O radialista Rogério Palhano se acha um palatino da moral e bons costumes, mas durante o programa da PMI, por motivos banais, ele ataca pessoas que ele elege para ser seus desafetos e ganhar audiência com o seu circo de horrores.

Palhano se entromete na vida das pessoas que não têm a liberdade e o direito de fazer o que bem entende de suas vidas. Se alguém escrever o que pensa em redes sociais ou publicar algo em seus perfis, blogs ou sites, e se der o azar do guardião da moral e bons costumes julgar aquilo errado, com certeza, será o suficiente para que o radialista use o programa político que deveria ser destinado apenas a divulgação das ações do município, para atacar, denegrir e ameaçar aquela pessoa.

O fato é que já se passaram quase 2 anos e 6 meses do atual governo municipal e isso não muda. Existem pessoas que estão, durante esse tempo todo, diariamente, ouvindo as piadinhas e insinuações do palatino da moral e guardião dos bons costumes dos ipuenses.

O mais recente caso de ataque do radialista contra um cidadão ipuense ocorreu na semana passada contra um engenheiro civil que é servidor da PMI e que publicou um texto no facebook sobre suas preocupações com as calçadas da cidade. (Veja Aqui). Isso virou motivos de ataques ao engenheiro que agora passou a ser alvo de Palhano e está recebendo piadinhas durante o programa da PMI.

Para piorar a rixa com o engenheiro civil, uma dia após os ataques do radialista que também é Chefe dos Tributos, o filho dele foi à Secretaria de Obras com a alegação de tirar documentos de casas por sua empresa. O engenheiro teria informado a ele que por ser filho do Chefe dos Tributos do Município não poderia regularizar documentos de terceiros dentro da Prefeitura.

Parece que o engenheiro, supostamente, recusou-se com medo de cometer algo ilícito do tipo "tráfico de influência" que seria para agilizar os processos que teriam que seguir os tramites normais. O filho do Chefe dos Tributos teria dito "não ser filho" do Rogério Palhano e sim um empresário, dono de uma empresa, e ainda teria mostrado o cartão da empresa. Mas novamente ouviu do engenheiro que em qualquer lugar que o filho do Palhano tivesse não deixaria de ser filho do Chefe dos tributos.

A turma que presenciou o ocorrido diz que teria acontecido um empurrão do filho do Chefe dos Tributos no engenheiro civil que também teria retribuído da mesma forma e proporção. E a turma do deixa disso chegou para apaziguar as coisas. Mas não ficou nisso...

Uma hora depois, o próprio Chefe dos Tributos chegou a Secretaria de Obras totalmente já descontrolado, transtornado, gritando alto o nome do engenheiro e outros elogios típicos de um "boca suja". Ele não entrou no prédio por ter sido barrado pelos funcionários que lá estavam na entrada. O engenheiro estava na sala de projetos trabalhando e apenas ouviu de longe os "elogios" a sua pessoa.

A Secretaria de Obras fica ao lado da B.P. e um policial escutou os berros do Chefe dos Tributos e apareceu para perguntar o que estava ocorrendo no local. Foi quando o Chefe dos Tributos se acalmou e foi embora do local. Civilizado e não querendo perder sua razão, o engenheiro continuou o trabalho sem se importar com o espetáculo proporcionado pelo Chefe dos Tributos e radialista Rogério Palhano.

Ao engenheiro civil só temos uma coisa a dizer e um conselho: Bem vindo ao time dos que são atacados e escutam piadinhas todos os dias proferidas pelo radialista no programa da PMI. Com o tempo você se acostuma, pois eu já sou vítima disso há quase 2 anos e 6 meses. No dia que estou com o pavio mais curto, eu repondo e mostro à sociedade ipuense a real face desse sujeito que vive de ameaçar os cidadãos ipuenses. E eu nunca precisei desviar caminho ou deixar de passar em alguma rua da cidade onde nasci e me criei.

A seguir as ameaças feitas pelo radialista Rogério Palhano durante o programa da Prefeitura Municipal de Ipu: "Eu tenho uma coisa comigo muito séria. Eu... Estou aqui num local. Se um vagabunda que trabalha na prefeitura chegar perto do local, já sai. Porque se não, eu quebro a cara dele. Quebro na hora, a cara dele."


video
Áudio Rádio Iracema Am de Ipu

As partes citadas na matéria, se assim desejarem, podem entrar em contato com a nossa redação para emitir suas opiniões. Contato de e-mail: netcina@hotmail.com

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+