Ipu (CE): Radialista parece fazer sua "pré-campanha" durante programa político

Ainda estamos com algumas dificuldades para obtermos os áudios do programa da Prefeitura Municipal de Ipu (PMI) vinculado na Rádio Iracema e apresentado por Joaci Melo e Rogério Palhano, mas o que chega até a nossa redação é o que procuramos destacar aos nossos leitores.

O radialista Joaci Melo é o principal apresentador do programa, mas, infelizmente, não recebemos os áudios com a participação do apresentador que faz a parte mais informativa do programa. O que temos recebido são as partes do radialista Palhano, e este pouco fala sobre as ações da PMI.

A impressão que tenho das partes do programa que recebemos é que durante o mesmo, Palhano usa mais sua participação para se autopromover, atacar seus desafetos com piadinhas, insinuações e criar novos desafetos e continuar com a sua cruzada de desagregador dentro do grupo do prefeito.

Palhano ainda usa o programa para destacar seu lado empresarial. É lamentável que isso seja feito em detrimento aos demais comerciantes do município, pois o radialista afirma que "as pessoas que estão interessadas em retirar alvará de construção no município (Prefeitura) devem procurar sua empresa".

video
Rádio Iracema Am de Ipu

Se não é ilegal, é no mínimo imoral e desrespeitoso para com os outros comerciantes do ramo e que trabalham no município, pois ter um Chefe de Tributos ou que seja apenas a pessoa do próprio radialista fazendo propaganda no programa do PMI para sua empresa é algo estranho.

Não sei nem se isso seria um tipo de "Tráfico de Influência", que é uma prática ilegal que consiste em uma pessoa se aproveitar da sua posição privilegiada dentro de uma empresa ou entidade, ou das suas conexões com pessoas em posição de autoridade, para obter favores ou benefícios para terceiros, geralmente em troca de favores ou pagamento. Não sei se isso se encaixa neste caso, mas é algo a ser revisto e analisado.


O radialista também usa o programa para fazer uma suposta "pré-campanha" à vereador em 2016. As ações da Prefeitura Municipal de Ipu ficam para um segundo plano. O fato é lamentável, pois em uma semana repleta de assinaturas de Ordens de Serviços para importantes obras, o que mais se destacou no programa político da PMI foram as brigas do radialista Palhano.

Em uma das partes nos áudios que recebemos, repletas de soberba e sentimento narcisismo, o radialista parece fazer sua "pré-campanha" à vereador em 2016 e afirma que "não pode chegar aonde o povo quer". Segundo ele, os ipuenses lhe querem na Câmara Municipal de Ipu.

O radialista ainda explica até porque o povo lhe quer como vereador, pois segundo ele, o mesmo "é a voz do povo" e "faz e fala o que o povo queria falar".

Palhano lamenta não ter "R$ 200 mil reais para bancar sua campanha", ou seja, supostamente, o radialista lamenta não ter R$ 200 mil para fazer o que ele tanta condena: "Comprar os votos dos eleitores", já que ele mesmo falou no programa que um voto chega a custar de R$ 100 a R$ 200 reais.

No final de sua fala, o radialista alfineta os políticos e atuais vereadores: "Poucos são os políticos que gostariam de ver um Rogério Palhano na Câmara Municipal." Em tom de soberba (eu diria hipocrisia), Palhano afirma que "ele não seria controlado pelos político [prefeitos]".

Perguntinha básica: Teria o radialista afirmado que os vereadores em geral não representam a voz do povo e que os de situação são sempre controlados pelos Prefeitos?

video
Rádio Iracema Am de Ipu

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+