Ipu (CE): Tirando da reta, ex-prefeito diz que o culpado por supostas irregularidades é próprio Pai

O ex-prefeito de Ipu, Henrique Sávio Pereira Pontes, apresentou ao Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará suas justificativas por supostas irregularidades nas obras de engenharia referentes ao Parque da Bica do Ipu.

As supostas irregularidades neste processo sobre as obras de engenharia referentes ao Parque da Bica do Ipu teriam ocorridas no decorrer de atos de gestão do exercício financeiro de 2010.

Segundo as justificativas do ex-prefeito, outras pessoas eram responsáveis pelos atos de gestão — inclusive, os de ordenação de despesas.

Ainda segundo a defesa, o gestor e ordenador de despesas não era o ex-prefeito Sávio Pontes, mas sim, os Srs. Pedro Josino Pontes (Pai do ex-prefeito) e Roberto Eufrásio de Alencar, sendo estes os ordenadores responsáveis pela gestão dos recursos na pasta administrativa inspecionada.

Entenda o caso

O ex-prefeito de Ipu, Sávio Pontes, tentando justificar os supostos atos irregulares cometidos durante sua gestão em 2010, em uma das suas "defesas" diz não ter culpa em um dos processos e chega a "nominar" o seu "próprio Pai", o Sr. Pedro Josino Pontes, que era o ordenador de despesas junto com o Sr. Roberto Eufrásio de Alencar e joga para eles a culpa ou responsabilidades por quaisquer atos de irregularidade cometidos com o dinheiro do povo ipuense nas obras do Parque da Bica de Ipu.

O ex-prefeito vem procedendo assim em, praticamente, todos os processos que está respondendo, tirando o dele da reta e colocando os de outras pessoas, e não está poupando nem o próprio Pai.

Vejam a defesa assinada pelo ex-prefeito, em 11 de maio de 2015


GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+