Médicos estão esticando a pele de paciente para usá-la em cirurgia

Um homem chinês está com sua nova face sendo criada, pouco a pouco, através de uma técnica impressionante.

Yan Jianbin sofreu queimaduras gravíssimas no rosto quando foi eletrocutado. 


O acidente ocorreu quando ele abriu a placa de proteção de um transformador de alta tensão para olhar por dentro. O choque foi tão poderoso que seu rosto derreteu.

Sabendo da gravidade do caso, os médicos do Hospital General do Exército de Shenyang, na província de Liaoning, se propuseram a realizar uma cirurgia para lhe dar uma nova face.

Há 6 meses, eles começaram um procedimento complexo, esticando a pele do peito esquerdo para usá-la em sua nova face. O método usado foi sucessivas injeções de água salgada.

Agora, a pele foi ampliada suficientemente para que os cirurgiões plásticos possam começar a árdua tarefa de criar novas caraterísticas de um rosto.

Os responsáveis pela cirurgia disseram que o procedimento será dividido em cinco etapas, cada uma muito complexa. As duas primeiras serão focadas no nariz que usará parte da cartilagem de costelas.

A terceira fase será a criação de novas conexões de vasos sanguíneos e artérias.

A quarta será o transplante do rosto e a quinta e última envolverá um complexo trabalho em dar molde e formato, permitindo características naturais de uma face humana. Todo o processos levará, no mínimo, dois anos!

Fonte: Uol

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+