Supremacista ruivo planejava matar príncipes Charles e William para Harry se tornar rei

Um supremacista britânico planejava assassinar os príncipes Charles e William, da Inglaterra, para que Harry chegasse ao trono britânico apenas por ser ruivo, afirmou a promotoria nesta terça-feira, durante o julgamento.

Mark Colborne, de 37 anos, foi detido em 3 de junho de 2014 e está sendo julgado em Londres acusado de preparar atentados.


Na audiência desta terça-feira, a Promotoria leu seu caderno de notas, em que mencionou a intenção de cometer com "um rifle com silenciador" dois assassinatos para que "Harry seja rei."

"Tomar uma boa posição e colocar uma bala na cabeça de Charles. Ele está protegido, mas não muito seguro. Eu iria sacrificar minha vida por este disparo. Matar Charles e William, e assim Harry se tornaria rei. Morte aos tiranos", escreveu ele.

A Promotoria também alega que ele planejou um assassinato em massa com cianeto em vingança porque a sociedade o marginalizou por ter a pele branca e cabelos ruivos, características distintivas, segundo ele, da raça ariana. 


Colborne fez pesquisas sobre explosivos na internet e adquiriu os ingredientes para fabricar a substância venenosa, assim como máscaras, roupas de proteção, funis, luvas e seringas, mas seu irmão chamou a polícia quando descobriu o plano.

Fonte: Yahoo

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+