WhatsApp: Jovem é preso após gravar vídeo atirando em via pública

Um vídeo que circula nas redes sociais registra um jovem atirando em via pública no município de Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza. Identificado pela polícia, Vauir Santos da Costa, de 20 anos, foi conduzido à Delegacia Metropolitana na quinta-feira (21), para prestar esclarecimentos sobre o caso.

Nas imagens, o motorista José Ricardo Gaspar, de 19 anos, diz “presta atenção o que ele vai fazer contigo quando te pegar. Vai. Atira”. Em seguida, Vauir Santos efetua um disparo para fora do carro. O atirador foi indiciado por porte ilegal de arma, disparo em via pública e tentativa de homicídio.

Agora, a polícia procura pelo condutor do veículo, que já é suspeito de praticar assaltos na região. As outras duas pessoas que estavam no veículo ainda não foram identificadas.

“Papoca, menino”


Em janeiro de 2014, um caso semelhante também repercutiu nas redes sociais. As imagens mostravam o empresário Ronald David dirigindo com uma arma na mão e sem cinto de segurança. “Tô doido. Vou meter bala agora não sei em quem. Bora simbora, menino!”. Em seguida, o rapaz efetua um disparo próximo a residências. “Papoca, menino”, diz logo depois.

Quatro dias após a publicação do vídeo, o homem foi preso e encaminhado à Divisão de Homicídios, no Bairro de Fátima. 


Duas semanas depois, Ronald conseguiu alvará de soltura e foi liberado. Segundo a polícia, ele deveria responder por porte ilegal de armas, apologia ao crime, embriaguez ao volante e disparo em via pública. 

De acordo com publicação no Tribunal de Justiça do Ceará (TJ/CE), julgamento foi agendado apenas para 21 de julho de 2016, mais de dois anos após o caso, no Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza.

Fonte: Tribuna do Ceará

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+