Após 25 anos na Câmara, Bolsonaro consegue aprovar sua 1ª emenda

Jair Bolsonaro (PP-RJ) completou em 2015 a marca de 25 anos ininterruptos como deputado federal em Brasília. 

Para comemorar, o experiente parlamentar conseguiu a aprovação de sua primeira proposta de emenda constitucional (PEC) em duas décadas e meia. A aprovação, até o momento, é parlamentar.

“Já é muita coisa [a aprovação]. Foi um gol aos 45 do segundo tempo”, afirmou Bolsonaro à BBC Brasil. O deputado ainda comentou a baixa taxa de aprovação nesses últimos 25 anos: “Mais importante que aprovar um projeto é evitar que um péssimo seja aprovado. Sou completamente discriminado porque sou um homem de direita”.

A PEC em questão, aprovada por 433 votos a favor e apenas sete contra, diz respeito à necessidade de emissão de “recibos” junto ao voto nas urnas eletrônicas. O texto precisa passar novamente pela Câmara e então pelo Senado para ser aprovado de vez.

A proposta de Bolsonaro prevê que, com o recibo, “qualquer presidente de partido possa requerer a recontagem manual dos votos”. Para isso, o eleitor receberia o “recibo” e o depositaria em uma urna do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), preservando assim o segredo de seu voto. Segundo Bolsonaro, caso sua PEC seja realmente aprovada, “a chance de fraude em eleições vira zero”.

Fonte: Yahoo

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+