Bandidos matam três jovens e incendeiam ônibus na Capital

Três jovens foram assassinados na noite desta sexta-feira (20) no Bairro Jardim Guanabara, em Fortaleza por um grupo de homens encapuzados. 

De acordo com a Polícia Militar, três adolescentes conversavam na calçada de um comércio de artigos religiosos quando quatro homens em duas motocicletas chegaram atirando. As vítimas têm entre 18 e 20 anos de idade.

A Polícia não sabe ainda as causas que motivaram o crime, mas acredita que se trata de rivalidade entre gangues de tráfico de drogas. De acordo com depoimento de testemunhas aos policiais, os suspeitos tinham objetivo de matar uma das três vítimas e balearam as outras duas que estavam próximas.

Ônibus incendiado


Durante a fuga, os suspeitos incendiaram um ônibus no Bairro Padre Andrade. Eles pararam o veículo, mandaram passageiros e motorista desceram antes de atear fogo no veículo. Ninguém ficou ferido.

A polícia acredita que o grupo tenha destruído o ônibus para “despistar” os policiais militares que faziam perseguição aos suspeitos. Uma equipe do Corpo de Bombeiros controlou as chamas cerca de uma hora depois. 6ª chacina

Em menos de quatro meses, quatro chacinas resultaram na morte de 16 pessoas no Ceará. Em um dos casos, seis pessoas – cinco da mesma família – foram assassinadas em Sobral. A polícia prendeu três suspeitos de envolvimento no crime. Um grupo armado invadiu uma residência e matou cinco pessoas da mesma família e uma pessoa que visitava a residência. A chacina foi motivada por vingança, segundo a Polícia Civil.

Em Maranguape, três pessoas foram mortas e duas foram baleadas. Os homens foram assassinados por gangues rivais que disputavam pontos de tráfico de drogas na Grande Fortaleza, de acordo com Policia Militar. Em Acarape, dois homens e uma mulher foram assassinados e um homem foi baleado. O crime também foi motivado por disputa por tráfico de drogas, de acordo com a Polícia Militar.

A Polícia prendeu nesta quinta-feira (18) dois suspeitos de matarem três pessoas em Limoeiro do Norte, no interior do Ceará. Os homicídios ocorreram no domingo (14), um mês após chacina que vitimou três pessoas na mesma cidade. Os homens presos nesta quinta são apontados pelas mortes de Geovane Mardenio da Costa, 32 anos, o comerciante Ozenildo José de Lima, 48 anos, e o pedreiro José Carlos Rocha De Souza, de 42 anos.

Fonte: G1CE

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+