Brasileiro é morto em tiroteio em Santa Cruz de la Sierra - Bolívia

Em circunstâncias ainda não esclarecidas foi baleado um homem identificado como sendo Valfredo Filho Silva Nunes, de 27 anos, de nacionalidade brasileira, que estava perto do canal Isuto, entre o segundo e o terceiro anillo (anel).


O brasileiro chegou a ser levado para a clínica Kamiya, mas acabou morrendo.

A vítima recebeu dois ferimentos de bala, no peito e nas costas, onde duas perfurações foram encontradas, uma no tórax anterior e outra no tórax posterior, zona escapular direita, informou os paramédicos da clínica Kamiya.


A causa da morte foi choque hipovolêmico, causado por perfuração do pulmão, o que deve confirmar uma autópsia, disseram as fontes médicas.

No local onde a vítima foi baleada também aconteceu um acidente de trânsito. Um homem não identificado está detido e, segundo sua mãe, é dono de um dos veículos envolvidos no acidente.

O comandante da polícia, coronel Sabino Guzman, esteve presente na cena do crime e disse que a polícia abriu um apartamento em um condomínio onde se coletou objetos que irão esclarecer os motivos do fato.

Suposto assassino

Versões não oficial de testemunhas do lugar afirmam que um sujeito estava se preparando para deixar o condomínio quando foi interceptado pelo suposto assassino que começou a descarregar a sua arma contra o veículo. Em um esforço para evitar os tiros, o condutor do veículo tentou escapar da cena voltando para trás e nesse momento ocorreu o acidente de trânsito.

"O suposto assassino ficou sem balas e do condomínio saiu outra pessoa, supostamente guarda-costas do condutor do veículo que tentou fugir no carro branco, e atirou oito vezes contra o suposto valentão", disse uma testemunha do fato que preferiu não revelar a sua identidade.



Fonte: Eldeber

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+