Força de turbinas faz taxi capotar perto de pista do Santos Dumont

Um táxi capotou ao invadir uma área perto da pista do Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio, na madrugada desta segunda-feira, 1º. Por causa da força das turbinas do avião que partia, o veículo foi jogado contra pedras próximas ao local. O motorista não ficou ferido no acidente.


A passagem de carros pela Avenida Almirante Silvio Noronha, que fica atrás do aeroporto, é controlada por vigias e sinais, justamente para evitar o tráfego de veículos no momento da decolagem de aviões. O taxista alegou que se distraiu ao voltar da Escola Naval, onde havia deixado um passageiro. Um vigia afirmou que ele não respeitou a sinalização.

O taxista Ronaldo Costa Teixeira contou que tinha deixado um passageiro na Escola Naval e, na volta, foi surpreendido por um avião decolando. Com o impacto do deslocamento do ar provocado pelas turbinas, o carro capotou várias vezes.

Teixeira não ficou ferido. Ele contou ao G1 que passou por um grande susto. O para-brisa do carro foi destruído, e pedaços do vidro ficaram no asfalto. Um vigia da cabine perto da entrada da Escola Naval disse que socorreu o taxista e afirmou que ele não respeitou o sinal vermelho.

Um outro táxi capotou no mesmo local em 2002, também no momento em que um avião decolava. O motorista do veículo, Antônio de Almeida Macedo, acabou morrendo no acidente. Com informações do Estadão Conteúdo.

Fonte: MSN

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+