Motorista multado em blitz da Lei Seca volta a dirigir e morre em acidente

Um acidente deixou uma pessoa morta na ponte Rio-Niterói, no Rio de Janeiro, na madrugada desta quinta-feira (18). 

Por volta das 3h, Márcio José Benevides Teixeira morreu após ser arremessado para fora do veículo, depois de bater em uma mureta de proteção.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, Benevides chegou a ser parado e autuado por uma blitz da Lei Seca às 23h40 da quarta-feira (17), na rua General Milton Tavares de Souza, em Niterói. O motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro, foi multado em R$ 1.915,40 e teve a carteira de motorista apreendida.

Ao saber que se não conseguisse um condutor, o carro dele também seria apreendido, Benevides pediu que um conhecido com habilitação fosse ao local. O rapaz fez o teste do bafômetro e levou o veículo (um Nissan Sentra) e o proprietário.

Horas depois, Márcio Benevides voltou a dirigir em direção à ponte Rio-Niterói no sentido Rio. O motorista perdeu o controle e se chocou contra a mureta. Com o impacto, a vítima foi lançada para fora do carro e morreu na hora.

Além de estar sem habilitação, o motorista também estava acima da velocidade permitida. A assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal do Rio divulgou uma foto do painel do carro com o velocímetro travado em 100km/h. A velocidade máxima na ponte Rio-Niterói é de 80km/h.

O acidente causou o fechamento de uma das pistas da ponte por três horas, o que provocou congestionamento de um quilômetro no sentido Rio de Janeiro na manhã desta quinta.

A 17ª DP (São Cristóvão) investiga o caso é já ouviu testemunhas. A polícia busca vídeos de câmeras que tenham flagrado Benevides na direção durante o acidente.

Fonte: Agência Estado

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+