Nigéria aprova lei que proíbe mutilação genital de mulheres e meninas

Uma notícia extraordinária: O ex-presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, assinou na sua última semana como presidente do país uma lei que proíbe a mutilação genital, e também proíbe o abandono de dependentes (mulher, filhos e outros) sem condições de sustento.

Isso traz esperança para que os nigerianos “comecem a aceitar que práticas culturais e religiosas também devem se sujeitar aos direitos humanos”. 

Cerca de 25% das mulheres nigerianas entre 19 e 25 anos já foram submetidas à prática. E, por se tratar de uma nação bastante populosa, os números absolutos da Nigéria estão entre os mais altos do mundo

Fonte: Catraca Livre

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+