Sem um braço, australiana dribla preconceito se livra da depressão com pole dance

Deborah Roach é um exemplo gigantesco de superação. Deficiente, a australiana nasceu sem os braços, superou as gozações de colegas na infância e hoje pode contar que superou a depressão por meio do yoga e da pole dance — duas práticas muito incomuns para quem sofre desse tipo de deficiência.

“Tudo que nós fazemos é baseado em escolhas, são sempre escolhas. Eu possuo as minhas, tenho minha vida. Não culpo nada e ninguém nunca, da minha vida e das minhas limitações — ou a falta delas — quem sabe sou eu”, afirma Deborah ao explicar a opção pela pole dance.

A australiana não só resolveu usar a pole dance e o yoga para driblar a depressão — fruto de anos de gozações e auto-estima destruída — como se tornou, em 2012 e 2013, campeão da dança na Austrália. Deborah conta que, no começo, quase desistiu por conselhos alheios.

“Me falavam que pole dance, principalmente em competições, era algo estético demais. Era algo que uma pessoa sem um braço não teria acesso. Bem, eu faço minhas escolhas e essa foi uma delas. Quase desisti, mas fico feliz de ter continuado”, conta ela.

Fonte: Mirror

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+