Um divisor de aguas: Cientistas criam motor que funciona a partir da água

Pesquisadores norte-americanos anunciaram nesta terça-feira que usaram a energia da evaporação da água para operar motores, uma solução barata e que respeita o planeta.

Uma equipe de pesquisadores da Universidade Columbia, em Nova York, e da Universidade Loyola, em Chicago, fabricou dois pequenos gadgets experimentais que funcionam de maneira autônoma na presença da umidade do ar.

A chave da experiência, publicada pela revista Nature Communications, é o uso de inofensivos esporos bacterianos - pequenas unidades esféricas que se formam no interior de uma célula bacteriana.

Os esporos inflam com a umidade e encolhem uma vez secos. Este movimento de inchaço/retração é o motor da energia. "Até agora conseguimos capturar a energia da água que desce das nuvens, agora queremos capturar a energia da evaporação da água a partir do ar, na atmosfera", explicou Ozgur Sahin, da Universidade de Columbia e co-autor do estudo, em um vídeo transmitido pela Nature.

"Esse processo é muito poderoso, (mas) até agora não fomos capazes de capturar essa energia de forma eficiente", afirmou.

A equipe construiu motores pequenos com finas tiras de plástico revestidas de esporos, que abastecem um carro muito pequeno e diodos emissores de luz (LED).

Expostos à umidade, os esporos expandem e fazem com que as tiras de plástico se movimentem. Elas se contraem muito rapidamente quando a fonte de umidade é removida. Este movimento para trás e para a frente pode movimentar as rodas e os pistões.

"Quando você monta muitas, muitas tiras juntas, aumenta a força que elas produzem", declarou o pesquisador. Esta técnica ainda é experimental. Mas um dia poderia ser usada para próteses ou membros de robôs, baterias e geradores ou para projetar uma roupa esportiva que responda ao suor: quanto mais você suar, mais energia você produz.

Fonte: Uol

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+