Aécio Neves estuda assumir a Grécia

Preocupado com a onda bolivariana que devasta a Grécia, Aécio Neves (PSDB) revelou que pretende oferecer seu carisma, sua beleza apolínea e sua experiência dionisíaca para tirar o país do buraco.

"Caso seja do interesse do povo grego, posso substituir Aléxis Tsípras", discursou, em grego antigo. "Mas caso seja requisitado para presidir o Brasil, terei que conciliar", alertou. "Às segundas, quartas e sextas, despacharei nas ilhas helênicas. Às terças e quintas, ficarei entre a Esplanada e o Leblon", explicou o futuro mandatário transcontinental.

Como prova de sua boa vontade, Aécio recomendou que a Grécia desfizesse todos os contratos de consultoria firmados com a empresa de José Dirceu. "É preciso se adequar às técnicas contemporâneas de choque de gestão. Temos um plano completo para transformar a Acrópole de Atenas em condomínio de luxo, com academia, garagem ampla e Espaço Dionísio para festas e afins", acrescentou. Em seguida, construiu um aeroporto em Mikonos, ao qual batizou Klaudius.

Inconformado, José Serra ameaçou invadir a Grécia com um tucano de Tróia.

Fonte: Revista Piaui

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+