Banco em Portugal usa tempo como moeda ao invés de dinheiro

Esqueça cheque especial. Juros também estão fora do pacote? Nome sujo? Também não. Portugal tem um banco que não utiliza moeda como dinheiro. Lá, o objeto de trocar é pura e simplesmente o tempo.

“Através das trocas e dos encontros, o Banco do tempo enriquece o mundo relacional das pessoas que nele participam, joga um papel importante na recuperação, em novos moldes, da solidariedade entre vizinhos e no combate à solidão”, informa o site oficial.

Os serviços do banco são “pagos” com o chamado cheque do tempo. Quem prestou algum tipo de serviço deposita o cheque, que é creditado em sua conta e, então, pode a partir da obter serviços oferecidos por outros membros do banco.

Cada hora de trabalho executada por um membro do banco equivale exatamente a uma hora de serviço de qualquer outro membro. As horas, então, tem o mesmo valor, independente do serviço oferecido.

Fonte: Terra

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+