Bebê de três meses fica cego após foto com flash muito próximo

Um bebê de três meses de idade ficou cego após olhar de perto para o flash de uma câmera. 

A foto foi feita a 25 cm dos olhos da criança, por um amigo dos pais do menino. 

Médicos afirmaram que o bebê teve redução parcial da visão do olho esquerdo e perda total do direito. 

A notícia foi publicada hoje no jornal chinês People’s Daily.

A lesão ocorreu porque a luz intensa queimou a mácula, região da retina muito sensível à luz, e responsável por distinguir cores e detalhes de objetos. Crianças estão mais expostas ao risco de perder a visão por grande incidência de luz. Até os seis anos de idade, a visão não está completamente formada e a pupila fica mais dilatada.

O ftalmologista João Pacini, que trabalha em um centro de visão em Brasília, diz que nunca viu um caso como ocorrido na China, mas presenciou muitos casos de lesões na retina de crianças por falta de cuidado dos pais com a exposição à luminosidade.

“Não se pode colocar o berço logo abaixo da luz do quarto. A criança não tem discernimento para desviar o olhar, encara a lâmpada por muito tempo e pode queimar a retina”, explicou Pacini. O especialista também alerta para outras situações corriqueiras: luz solar ou lasers usados em palestras. A recomendação é sempre a mesma: não olhar durante muito tempo para a fonte luminosa.

Mas ninguém precisa começar a fugir dos flashs das câmeras com medo de perder a visão. Mesmo bebês podem ter contato com a luz do aparelho, basta distância adequada. Pacini recomenda no mínimo três metros de espaço entre a criança para proteger a visão.

Fonte: Mirror

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+