Guaraciaba (CE): Professor conseguiu reconstituir o rosto que seria de Santa Maria Madalena

O Fantástico deste domingo (19) apresentou uma matéria sobre o feito de brasileiros, o professor guaraciabense José Luís, do Ceará, o designer Cícero Moraes, de Mato Grosso, e especialista em odontologia legal, Dr. Paulo Miamoto, de Santos, litoral de São Paulo.

O crânio preservado, na França, foi a base do trabalho. Reconstituição foi feita por brasileiros e apresentada neste domingo (19) pela Igreja Católica.

Como era o rosto de uma santa católica que teria sido a primeira pessoa a ver Jesus Cristo ressuscitado? Um crânio preservado na França, que seria dela, foi a base do trabalho de reconstituição. Feito por dois brasileiros e apresentado hoje pela Igreja Católica.

A bela basílica de Santa Maria Madalena a 800 quilômetros ao sul de Paris guarda uma relíquia: o crânio que seria de Maria Madalena, uma das mais polêmicas figuras católicas.

"Algumas pessoas se perguntam se Maria Madalena era uma prostituta, isso são interpretações contrárias ao que diz a Bíblia. Era uma mulher certamente pecadora, mas ela se tornou uma grande missionaria", afirma o padre Florian Racine, reitor da Basílica de Maria Madalena.

De acordo com a Bíblia, Maria Madalena foi a primeira a ver Cristo ressuscitado. Após a morte de Jesus, ela teria deixado Jerusalém com a família e ficado até o fim da vida em uma gruta, na região de Marselha. Mas seus restos mortais só foram encontrados por volta do ano 1200.

"Em Roma, havia o maxilar de Maria Madalena, que já estava lá há muito tempo. Foi possível atestar que esse maxilar coincidia perfeitamente com o crânio encontrado na França. O papa Bonifácio, então, decretou que o crânio pertencia também a Maria Madalena", explica o padre Florian Racine.

A história da santa pecadora foi retratada por pintores de todas as épocas e de inúmeras maneiras. Mas, afinal, como seria o verdadeiro rosto dela?

Em muitas igrejas estão imagens que representam como seria fisicamente a santa. E foi do Brasil, mais de 2 mil anos depois da crucificação de Cristo, que partiu a ideia de reconstituir o rosto de Maria Madalena.


Tudo começou quando o professor José Luís (foto), do Ceará, assistiu a uma reportagem do Fantástico sobre a reconstituição do rosto de Santo Antônio, feita por um brasileiro.

"Eu vi que era possível. Eu disse: por que não tentar ver o rosto daquela que viu Jesus ressuscitado pela primeira vez?", conta José Luís Lira, especialista em Santos Católicos.

José, então, procurou o designer Cícero, de Mato Grosso, que topou o projeto de recriar o rosto da santa. Próximo passo: convencer o padre da basílica de Santa Maria Madalena.

"A princípio o padre Racine disse que não tinha interesse. Aos fiéis de Maria Madalena não era tão essencial conhecerem a face da santa. Insistimos e dissemos para ele: 'Nós só publicaremos se vossa reverendíssima autorizar, se o senhor não autorizar, foi um trabalho que a gente fez e ficou com o senhor'. Aí ele falou: 'vou falar com o bispo', e o bispo autorizou", recorda José Luís Lira.

Além do designer, entrou na história um especialista em odontologia legal, o Paulo, de Santos, litoral de São Paulo. Para fazer a reconstituição, ele precisava de fotos do crânio em vários ângulos. O padre francês, desconfiado, mandou apenas sete fotos.

"Eu fiz algumas análises para o sexo e realmente o crânio tem características femininas. E a análise também para ancestralidade. Então tem algumas características neste crânio que são compatíveis com as pessoas brancas. Por exemplo, é o nariz. Os ossos do nariz estão projetados. Nós percebemos que essa pontinha dá um nariz arrebitado característico das pessoas brancas. Esses pontos indicam a profundidade dos tecidos moles das pessoas que são mulheres, brancas e adultas", explica Paulo Miamoto, especialista em odontologia legal.

Tecidos moles são os que formam os lábios, as bochechas e os olhos, por exemplo. Depois do esboço definido, faltava o acabamento.


"Depois que nós colocamos a malha sem cor, nós tivemos que fazer uma pintura digital, essa pintura digital nos trouxe o aspecto que seria a face dela. Depois que nós finalizamos a face básica foi que a gente inseriu os cabelos e colocamos a indumentária, a roupa dela", explica o designer Cícero Moraes.

"Cícero, é ela! Olha os olhos judaicos, olha o nariz, olha o aspecto de mistério que tem no rosto desta mulher, é Madalena!", vibrou José Luís.

"Esse crânio pertenceu a uma mulher de 51 anos no momento em que morreu. Mas nós adequamos aos 22 anos que foi justamente a época que o evento bíblico aconteceu", diz Cícero.

Na próxima quarta-feira, o rosto de Maria Madalena feito pelos brasileiros será apresentado aos franceses. Dia 22 de julho é o dia da Santa. "Ela chegou aos discípulos: 'Vi o senhor'. E nós agora dizemos, 'Vimos aquela que viu o senhor'", diz José Luís.


video

Em seu perfil no facebook, o professor José Luís falou sobre a repercussão da reportagem do Fantástico:

"Amigos, são muitas mensagens. Aparecem 99+ conversas, significando 182 conversas iniciadas. Também pedidos de amizades, comentários, fotos. Estou muito emocionado. Divido essa alegria com os amigos Cícero Moraes e Paulo Eduardo Miamoto Dias, com o Reverendo irmão Fernando Gregorio (futuro sacerdote) e com todos os que contribuíram para que Maria Madalena fosse vista por todos nós. Destaco a essencial participação do Cícero Moraes. Sem ele nada seria possível. Parabenizo também a família, sua mãe D. Vanilsa Pagliari, sua noiva... Enfim.... Obrigado a todos, aos meus pais e irmãos, sobrinhos e a um amigo muito especial lá do céu: DEUS, sem Ele nada somos. Agora vou dormir, amanhã cedo terei que ministrar aulas na nossa Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA. Sempre e por tudo, dando graças a Deus!"

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+