Ibope: Lula só precisaria de 7% para empatar com Aécio e ainda tem um trunfo

A recém-divulgada pesquisa Ibope sobre uma hipotética eleição presidencial em segundo turno foi encomendada pelo jornal O Estado de São Paulo. A pesquisa traz a reação dos brasileiros sobre Dilma, o PT e Lula que estão enfraquecidos no âmbito das dificuldades da economia e escândalos de corrupção que ainda estão sendo apurados.

Em votos válidos, Lula apareceu em um empate técnico com o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) e para empatar com o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o ex-presidente precisaria conquistar apenas 7% dos votos.

Para os conhecedores dos discursos o ex-presidente Lula, o melhor presidente da história do Brasil, essa missão não seria tão difícil assim, pois ele estaria enfrentando o pior senador de 2014 e que logo deverá a ser réu em diversos casos de improbidade administrativa, isso de quando ainda era governador de Minas Gerais, pois tudo está vindo à tona com o governo do PT em Minas.

As campanhas negativas contra Lula já vem de muito tempo e o espaço que o ex-presidente tem para se defender é pequeno, mas numa disputa eleitoral o tempo seria igualado e era ai que os "podres" de Aécio serão turbinados com novas denúncias, pois a "caixa preta" de Minas Gerais ainda nem foi aberta, mas nunca eventual necessidade, tudo seria feito rapidamente. Hoje, Aécio está numa situação muito confortável, pois não vem sendo atacado por ninguém.

Outro ponto muito interessante na pesquisa do Ibope é que a soma total dos votos gerais (48% de Aécio e 33% de Lula), totalizaram a 81% do eleitorado. Isso mostra que 19% da população está indecisa ou não pretende votar em ninguém. Essa porcentagem é mais favorável ao Lula de que Aécio, pois é o ex-presidente que está sendo atacado diariamente e, mesmo assim, ainda existem 19% que não votam em Aécio que passaria a ser atacado. Certamente, a vantagem seria de Lula que já foi atacado ao máximo e se mostra muito forte.

O trunfo do PT para derrotar o PSDB

Embora a oposição tenha comemorado o resultado da pesquisa realizada em meio a uma crise e apurações de escândalos onde tem gente a oposição com seus nomes envolvidos, até mesmo os senadores tucanos, Aécio e Aloysio, o resulto é bem mais vantajoso para o PT que ainda teria a opção de abrir mão da candidatura de Lula e lançar um novo nome, do PT ou de outro partido que estaria zerado de escândalos para enfrentar e derrotar o PSDB, pois esse estaria cheio de escândalos e rejeições.

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+