Ipu (CE): Atividade secular das ceramistas está sucumbindo com o tempo

Atividade secular das ceramistas, popularmente conhecidas como louceiras, uma tradição, principalmente, do nordeste brasileiro, vem sucumbindo ao longo dos anos e isso foi observado e destacado pelo ambientalista Petinha Lira.

Em sua rede social, o ambientalista disse:

"Problema grave desta atividade secular; A mesma está na eminência de acabar, por dois motivos: Por falta de apoio e as jovens da localidade não se sentem motivadas para dar continuidade... Será mais uma de nossas riquezas que irá sucumbir?

Observação: Está problemática não é de agora, mas de muito e muito anos... Lembrando que nós temos uma Mestra da Cultura, graças à esta arte!

Pergunta: Por quanto sairia a construção de um galpão neste local?

É justo que a cerâmica da localidade Alegria fique sob sol, chuva, lixa e indiferença do descaso da sociedade?

Torço que este desrespeito seja um dia sanado", postou o ambientalista Petinha Lira.

Uma tradição e cultura que dificilmente resistirá ao tempo, mas que precisa alcançar outras gerações


Muitos, até hoje, preferem cozinhar em peças de barro a ter que usar qualquer outro tipo de panela de ferro ou alumínio.

Num passado, não muito distante, os brinquedos preferidos pelas meninas eram as panelinhas e fogão de barro que elas usavam para brincar de cozinhar. Já os meninos gostam de brincar com os aminais, bois, vacas, cavalhos, cachorros e vaqueiros montados em seus cavalhos, assim eles montavam suas fazendas e se divertiam e a cultura era preservada e valorizada.

Atualmente, o problema não é somente uma falta de apoio por parte dos governos para manter essa tradição viva, mas também a tecnologia tem tirado das crianças essa maravilhosa tradição, pois as crianças da atualidade preferem brincar com vídeo games, smartfones ou celulares.

A questão é que a tradição deve receber apoio para manter-se viva, nem que seja por mais uma década, pois essa tradição parece sentenciada ao fim, com os avanços da tecnologia, infelizmente, mas a cultura poderá ser eternizada como peça de decoração, e essa cultura não será extinta.

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+