Ipu (CE): Criança portadora de síndrome rara poderá virar reportagem na TV Globo

Uma ipuense mãe de uma menina de 8 anos de idade que é portadora de uma síndrome rara; a síndrome nefrótica veio a público para divulgar sua história. A descoberta ocorreu quando a menina tinha 1 ano e 11 meses de idade.

A senhora Liliane Martins esposa do senhor Orlando, ela reside na rua Amadeu Furtado, bairro Nova Aldeota, nesta quinta-feira (23/07) contou com riqueza de detalhes, tudo que passou e vem passando com o problema congênito de sua filha Iana Mayra. A menina Iana é portadora da síndrome nefrótica, uma doença que ataca principalmente as funções renais.

Liliane Martins participou do 7º Simpósio Ipu com um único intuito, de ter um contato com o repórter global Caco Barcellos. E conseguiu, por intermédio do vereador Adriano Melo. Liliane passou toda a história para o conceituado e experiente jornalista, que ouviu com muita atenção e se interessou pelo assunto, ficando propenso a produzir com toda a sua equipe uma reportagem sobre a saga das mães dessas crianças portadoras dessa síndrome rara.

Saiba o que é síndrome nefrótica:

O que é Síndrome nefrótica?

A síndrome nefrótica consiste em um grupo de sintomas que inclui quantidade excessiva de proteínas na urina e, por conseguinte, baixos níveis de proteína no sangue. Além destes, também são verificados altos níveis de colesterol e triglicérides e inchaço abdominal.

Entre as principais proteínas perdidas na síndrome nefrótica estão a albumina, a transferrina, as gamaglobulinas e as microglobulinas.

Causas

A síndrome nefrótica é geralmente causada por danos ao conjunto de pequenos vasos sanguíneos do rins, chamados de glomérulos. Estes são responsáveis pela filtração do sangue e, uma vez comprometidos, deixam escapar na urina o que devia ter sido mantido no organismo.

Sintomas de Síndrome nefrótica

Os principais sinais e sintomas de síndrome nefrótica incluem:

- Inchaço abdominal, ao redor dos olhos, nos tornozelos e nos pés
- Urina de aspecto espumoso, causado pelo excesso de proteína
- Ganho de peso não intencional devido à retenção de líquidos no organismo
- Pouco apetite

Tratamento de Síndrome nefrótica

O tratamento para a síndrome nefrótica envolve o tratamento de qualquer condição médica subjacente que pode estar por trás da síndrome nefrótica. Mas o médico também pode recomendar medicamentos que ajudam a controlar os seus sinais e sintomas ou tratar complicações da síndrome nefrótica. Eles podem incluir:

- Medicamentos para pressão arterial
- Diuréticos
- Medicamentos para reduzir o colesterol (estatinas)
- Anticoagulantes
- Drogas de imunossupressão

Fonte: Repórter Francisco José
Informações: Minha Vida

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+