Ipu (CE): Sec. de Saúde realizou a 6ª Conferência Municipal de Saúde 2015

O Governo Municipal de Ipu através da Secretaria de Saúde de Ipu e do Conselho Municipal de Saúde realizaram nesta terça-feira (30) nas dependência da Escola Profissional Antônio Tarcísio Aragão, a 6ª Conferência Municipal de Saúde 2015.

O evento seguiu o que referenda a Lei nº 8.142 onde estabelece periodicidade de quatro anos para a realização das Conferências de Saúde com a participação dos movimentos sociais organizados, das entidades ligadas à área da Saúde, dos gestores e dos prestadores de serviços de saúde, tendo como objetivos principais avaliar a situação de saúde e propor diretrizes para a formulação da política de saúde nos três níveis de gestão, servindo como orientação para os governos na elaboração dos planos de saúde e na definição de ações que sejam prioritárias nos âmbitos estaduais, municipais e nacional.

As Conferências tem como objetivos:


1º) Reafirmar, impulsionar e efetivar os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde – SUS, para garantir a saúde como direito humano, a sua universalidade, integralidade e equidade do SUS, com base em políticas que reduzam as desigualdades sociais e territoriais, conforme previsto na Constituição Federal de 1988;

2º) Mobilizar e estabelecer diálogos com a sociedade brasileira acerca do direito à saúde e defesa do SUS;

3º) Fortalecer a participação e o controle social no SUS, com a ampla representação da sociedade em todas as etapas da 15ª Conferência Nacional de Saúde;

4º) Avaliar a situação de saúde, elaborar propostas a partir das necessidades de saúde e participar da construção das diretrizes do Plano Plurianual – PPA e dos Planos Municipais, Estaduais e Nacional de Saúde, no contexto dos 25 anos do SUS;

5º) Aprofundar o debate sobre as reformas necessárias à democratização do Estado, em especial os que incidem sobre o setor de saúde.

Foram criados e discutidos 8 (oito) Eixos Temáticos que serão apresentados pelos delegados na 7ª Conferência Estadual de Saúde em Fortaleza. São eles:

1º) Direito à Saúde, garantia de acesso e atenção de qualidade;

2º) Participação social;

3º) Valorização do trabalho e da educação em saúde;

4º) Financiamento do SUS e Relação Pública Privada;

5º) Gestão do SUS e modelos de atenção à saúde;

6º) Informação, educação e política de comunicação do SUS;

7º) Ciência, tecnologia e inovação no SUS;

8º) Reformas democráticas e populares do Estado.


A 6ª Conferência Municipal de Saúde contou com um belíssimo público que durante toda a manhã e início da tarde abrilhantaram o evento. Fizeram-se presentes na composição da mesa de honra: – Chefe de Gabinete, Sr. Sebastião Rufino (Representando o prefeito de Ipu, Sérgio Rufino); vereadores: Evaldo Gomes, Antônio Carlos Amarante e Nonato Filho; Secretário de Saúde de Ipu, Antônio Glaidson Martins; Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ipu, Asarias Araújo; Conferencista e palestrante, Sr. Francisco Rosemiro Guimarães Ximenes Neto; Secretária de Cultura de Ipu, Sra. Sônia Pontes e representando a Escola Profissional Antônio Tarcísio de Aragão, aluna Katiane Alves.

Fazendo parte do cerimonial, o palestrante foi o experiente e atual Secretário de Saúde de Massapê, Sr. Francisco Rosemiro Guimarães Neto, enfermeiro sanitarista graduado pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA. O evento contou ainda com a participação dos vereadores: Monga e do vereador de São Benedito, Dr. Michel, e o apoio logístico da Secretaria de Cultura, com a apresentação da Banda de Música Municipal.

No final foram escolhidos os 20 (vinte) delegados dos delegados das 10 pré-conferências que representarão o município de Ipu na 7ª Conferência Estadual de Saúde em Fortaleza.




Fonte: Governo Municipal de Ipu

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+