"O Dólar não estar alto. Há 12 anos atrás, era vendido a R$ 7,33", explica jornalista

O dólar não alcança nos dias atuais o seu valor mais alto em 12 anos, conforme noticia toda a imprensa golpista e mentirosa. Quem explica é o jornalista Rodolpho Gamberini, na bancada do Jornal da Gazeta.

Gamberini afirma que os jornalistas cometem um "erro grosseiro" quando falam do dólar.

Segundo Gamberini, no dia 1º de março de 2003, portanto, 12 anos atrás, o dólar valia R$ 3,57. "Procure você o site do Banco Central e faça a atualização desse valor pelo IGPM (Índice Geral de Preços do Mercado) da Fundação Getulio Vargas. O dólar, para estar com o mesmo valor de 12 anos atrás, deveria ser vendido a R$ 7,33".

Gamberini ainda disse que: "qualquer menino da escola pública sabe que qualquer coisa que custava R$ 7,00 e é vendida hoje por R$ 3,00, seja dólar ou bala de goma, está custando praticamente a metade".

"O dólar não está, portanto, alto como dizem os jornalistas, por ingenuidade, por desinformação ou até mesmo por má-fé", concluiu Gamberini.

No início de sua explicação, ele afirmou que a "imprensa erra bastante", mas o que faz pouco é "apontar os erros e corrigi-los".

Assista ao vídeo:



GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+