Após primeiro teste, água começa a correr na transposição do São Francisco

O Ministério da Integração Nacional iniciou, na sexta-feira (7), a primeira fase de testes com bombas que vão captar água para transposição do rio São Francisco. 

Os testes foram com equipamentos hidromecânicos da primeira estação de bombeamento do Eixo Norte da obra.

Segundo o ministério, o primeiro acionamento teve êxito e aconteceu no município de Cabrobó (PE) –um dos dois locais onde o rio será dividido, e a água será levada por canais. "Durante os testes, a água percorreu 9 km e chegou até o reservatório de Tucutú, o primeiro do eixo. Os conjuntos de motobombas serão acionados diversas vezes para garantir o funcionamento pleno dos equipamentos", informou o ministério.

A estação de bombeamento possui dois conjuntos de motobombas instalados com capacidade de elevar água a 36 metros de altura –equivalente a um edifício de 12 andares. A vazão das duas bombas é de 24,8 m³/s. Cada equipamento pesa cerca de 100 toneladas, o equivalente a 100 veículos populares. 


As duas bombas, em pleno funcionamento, farão com que a água do São Francisco percorra 45 quilômetros, até a barragem de Terra Nova, passando por quatro aquedutos e o reservatório de Tucutú.

As bombas vão elevar a água do rio para um ponto mais alto. Ao todo, o projeto de integração do São Francisco possui três estações no Eixo Norte e seis no Eixo Leste. "As estruturas do Eixo Norte vão elevar a água em 181 metros acima do nível do rio São Francisco. 


No Eixo Leste, serão cerca de 300 metros – do nível médio do reservatório Itaparica até o ponto mais alto do canal", diz a Integração Nacional.

Além das bombas, o ministério informou também que estão sendo testados os sistemas elétricos e de telecomunicações, válvulas, instrumentos de supervisão, painéis, motores e a verificação do fornecimento de energia elétrica em alta tensão, composto pelas subestações de energia e linhas de transmissão.

O projeto de transposição prevê 477 quilômetros de extensão, sendo 260 quilômetros no Eixo Norte e 217 quilômetros no Eixo Leste. A obra está com um total de 76,7% de execução, com previsão de chegar a 78% em agosto. A previsão de inauguração do primeiro trecho é 2016.

Fonte: Uol

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+