Cachorro fica uma semana à espera de idosa em porta de hospital

A cena comoveu quem passou pela entrada Hospital Beneficente Elmíria Silvério Barbosa, na cidade de Sidrolândia, no Mato Grosso do Sul, na última semana - um cão vira-lata ficou por cerca de sete dias de prontidão na porta da unidade de saúde à espera de uma idosa de 82 anos, internada no dia 22 de julho por problemas pulmonares.

Segundo funcionários do hospital, a idosa, chamada Virgínia, costumava alimentar o cão na porta de sua casa, localizada no bairro Sidrolar. No dia em que passou mal, o cão teria seguido a ambulância até o hospital.

Quatro dias depois, a mulher morreu em decorrência de uma infecção respiratória e de uma pneumonia. Mesmo assim, o cão continuou lá, de onde saiu apenas na última quarta-feira, após ter arrumado um novo dono.

Segundo José Pereira, motorista do hospital, o cão não saía da porta do hospital por nada, e contou que o tapete da entrada virou sua nova cama. A recepcionista Flávia dos Santos também acompanhou a espera ansiosa do animal pela idosa.

- Ele nunca dormia. Ficava deitadinho na entrada. Era muito manso, não avançava em ninguém. As pessoas até alimentavam ele. Todo mundo perguntava o que ele fazia ali, de quem era - contou a recepcionista, que não soube informar quem são os novos donos do vira-lata.

Fonte: Extrta

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+