Ele só compareceu a 3ª Manifestação, a mais fraca de todas: Aécio é Pé-Frio

A terceira manifestação nacional contra o governo Dilma Rousseff (PT), que ocorrem desde janeiro desse ano, não teve a mesma consistência de que as duas primeiras realizadas em março e abril.

Nas duas primeiras, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), mesmo tendo convocado o povo, não compareceu. Mas a desde domingo 16, ele deu as caras, pena que escolheu o pior momento, após uma semana em que a presidente ganhou fôlego político, com decisões favoráveis a ela no Judiciário e uma reaproximação com o Senado, especialmente o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Pela primeira vez, Aécio veio pra rua e participou das manifestações, justamente, na aquela que foi a mais fraca de todas, demostrando que ele é mesmo um pé-frio. Aécio chegou tarde demais às ruas.

A Polícia Militar disse que apenas 6 mil pessoas participaram do ato em que o senador Aécio esteve presente. O número é considerado pouco, pois era esperado, no mínimo, o dobro, 12 mil pessoas.

Aécio chegou por volta das 11h20 e discursou em um trio-elétrico. "Chega de tanta corrupção, o meu partido é o Brasil", disse o senador sobre o trio. Ele cantou o hino nacional com os manifestantes e foi ovacionado pela multidão que gritou: "Aécio, Aécio". O senador também foi para o meio da multidão e tirou muitos selfies com manifestantes. Ele estava acompanhado de lideranças políticas do PSDB.

"O Brasil despertou. É o povo na rua que vai permitir a superação da crise. Não é este governo, que não tem mais autoridade, nem credibilidade. Estou emocionado de ver este despertar dos brasileiros. Portanto, mais do que nunca, nós estamos juntos", disse Aécio, mas parece que, ao contrário do que o senador afirmou, o povo não anda dando mais credibilidade é a oposição, pois em recente pesquisa, 71% dos brasileiros acreditam que a oposição é oportunista e defende seus próprios interesses e não o povo brasileiro.

O povo brasileiro achando que a oposição é oportunista e defende seus próprios interesses, a propaganda política dos tucanos convocando os brasileiros para irem às ruas protestar e Aécio em Minas fazendo discurso aos manifestantes em cima de um trio-elétrico, tudo ficou, ainda mais, com cara e tom partidário. O movimento foi totalmente descaracterizado.

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+