Em Queda: Em Março foram 2 milhões de manifestantes. Em agosto apenas 795 mil

Mesmo com brasileiros indo às ruas, em todos os estados e no Distrito Federal, e em mais de 150 cidades, os números oficiais divulgados pela Polícia Militar para as manifestações deste domingo (16) não chegaram nem a 1 milhão de manifestantes.

Os protestos contra o governo da presidente Dilma, onde grande parte dos manifestantes pediam a saída ou o impeachment da presidente e protestavam contra a corrupção, só conseguiram reunir cerca de 795 mil pessoas, segundo cálculos das polícias militares de todo o país. O levantamento foi divulgado pelo portal UOL.

Os números caíram bastante, se comparados com os divulgados para os protestos do dia 15 de março, quando a estimativa foi de 2 milhões de pessoas nas ruas. No entanto, este domingo levou mais gente às ruas que as manifestações do dia 12 de abril, quando 560 mil pessoas protestaram. Mas a oposição não tem muito o que comemorar, pois o número é bastante inferior a primeira manifestação ocorrida em 15 de março em São paulo, quando 1 milhão de pessoas estiveram na Avenida Paulista protestando e mais 1 milhão em todo o resto do país.

Nem mesmo com o senador José Serra (PSDB), no meio do povo em São Paulo, e o senador Aécio Neves (PSDB), em Belo Horizonte, onde fez discurso agressivo contra o governo federal, as manifestações não conseguiram nem chegar perto da primeira manifestação que fora realizada.

O número aumento, em comparação com o mês de abril, mas andou longe dos protestos do mês de março. Outro detalhe bastante relevante é que somente no Rio de Janeiro e São Paulo foram observados aumento no número de manifestantes, isso comprado somente ao mês de abril. No restou do país, a adesão as manifestações seguiu em queda.

Outro detalhe que ficou evidente, é que em Belo Horizonte, onde o senador Aécio esteve presente e discursou, o número esperado era de no mínimo 12 mil pessoas, mas segundo a Polícia Militar, o número de manifestante não passou de 6 mil que foram prestigiar o senador.

Parece que o PSDB resolver dar as caras nas manifestações tarde demais e com o governo Dilma já mostrando sinais de recuperação política.

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+