Homem permite afogamento da filha em Dubai para evitar 'desonra'

A polícia de Dubai prendeu um homem de origem asiática que impediu a ajuda de uma equipe de socorristas a sua filha, no momento em que ela se afogava, com o argumento de que não queria que desconhecidos a tocassem e "desonrassem", informa a imprensa.

A jovem de 20 anos estava se afogando quando a equipe de emergência chegou para ajudar a vítima. "Mas o pai se mostrou violento e disse que preferia que a filha morresse a ser tocada por um desconhecido", afirmou o tenente-coronel Ahmed Burqibah, diretor do departamento de busca e resgate da polícia de Dubai, ao site Emirates 24/7.

"Este é um daqueles incidentes que jamais esquecerei", disse, em entrevista ao Daily Mail. "Eu e todos os envolvidos ficamos estarrecidos".

"Ele ficou cego pela crença de que seria uma desonra que um homem 'desconhecido a tocasse', disse Burqibah. Segundo as autoridades, o pai tinha levado sua família para fazer um piquenique na praia, mas repentinamente, a filha começou a se afogar.

O pai da jovem, que não teve a nacionalidade divulgada, foi detido e será processado por ter impedido que os socorristas salvassem a vida de sua filha.

Fonte: Mirror

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+