Ipu (CE): Após publicar Documento Falsificado, Elias Guilherme vai entregar o(s) falsário(s)

Bastante conhecido por postar mentiras e ataques contra a Prefeitura Municipal de Ipu e contra o Prefeito de Ipu, Sérgio Rufino, o servidor da Prefeitura Municipal de Sobral, o ipuense e universitário Elias Guilherme disse que mostrará quem são os possíveis autores do documento falsificado que ele postou em seu perfil no facebook, nesta quarta-feira (05/08).

“Ontem a tarde (05/08/2015) aqui no Facebook, questionei a veracidade de um documento que estava rolando no Whatsapp, que tratava de uma suposta solicitação por parte do gestor Ipuense para a vinda de uma blitz do DETRAN no dia 10 deste mês.
Deste o primeiro momento em que li tal documento me neguei a acreditar na sua veracidade, pois seria um absurdo um que tal solicitação viesse por parte de um prefeito de uma cidade para punir seus munícipes.

O Blogueiro do blog Netcina que vive me chamando de mentiroso e adora fazer comentários de tudo que publico por aqui, acaba de fazer uma matéria, com um título muito sugestivo e com o print da minha publicação, levando a compreensão do leitor Ipuense que eu falsifiquei tal documento, um absurdo!

Tenho prints de pessoas repassando a imagem antes que eu fizesse o questionamento aqui no Facebook. Quem me conhece no Ipu e acompanham minha militância política sabe que este tipo de coisa não combina com meu posicionamento e forma de fazer política.

Desde já fico a inteira disposição da justiça, se acionada, do prefeito e da prefeitura para resolver e responder qualquer questionamento”, postou Elias Guilherme.

Quem foi o(s) autor(es) da falsificação? Com a divulgação das pessoas que postaram e divulgaram a falsificação de um documento oficial da PMI espera-se que o autor ou autores sejam descobertos, pois quem Elias Guilherme indicar terá que dizer de quem copiou o documento falsificado. Só não sabemos se isso exime Elias Guilherme de ter cometido um possível crime com a divulgação do documento falsificado em seu perfil que levou várias pessoas a acreditar na veracidade e até mesmo a fazer xingamentos ao prefeito.

Vale ressaltar que a postagem do documento falso somente foi excluída do perfil de Elias Guilherme por volta das 16h30 desta quinta-feira (06/08/2015), ficando mais de 26 horas em seu perfil, e mais de 24 horas após o assessor de comunicação da PMI, Afrânio Soares, ter comentado na postagem alertando que o documento era falso.

Ainda é bom lembrar que as explicações de Elias Guilherme somente foram feitas e o documento removido, posteriormente, após o prefeito Sérgio Rufino se pronunciar em emissora de rádio afirmando que entraria com uma Ação Criminal pela falsificação do documento.

Também é de conhecimento de todos que Elias Guilherme é autor de várias postagens mentirosas contra o prefeito Sérgio Rufino chegando até mesmo a afirmar que o prefeito e vereadores ostentam voando de jatinho, que Poços Profundos tiveram a energia cortada por Falta de Pagamentos e outras calunias mais..

Código Penal Brasileiro sobre Falsificação de Documento Público

Art. 297 do Código Penal – Decreto Lei 2848/40

CP – Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

Art. 297 – Falsificar, no todo ou em parte, documento público, ou alterar documento público verdadeiro: Pena – reclusão, de dois a seis anos, e multa.