Ipu (CE): A Saúde Ipuense continua avançando no atendimento e na estrutura

Os dias na Autarquia de Saúde Hospital Dr. José Evangelista de Oliveira (Hospital Municipal de Ipu – HMI) há muito tempo não são mais os mesmos. O movimento de pacientes à procura de consultas e especialistas só aumenta a cada dia e os profissionais do HMI dão o máximo de si no empenho de suas funções.

Este final de semana foi igual a tantos outros que viraram rotina no HMI. Desde a última quinta-feira (13) que vários procedimentos e cirurgias estão ocorrendo no HMI, graças ao grande quadro de profissionais de várias especializações.

No últimos dias no HMI foram realizadas 06 cirurgias traumato-ortopédica. Na quinta (13) e no sábado (15) ocorreram 02 cirurgias com o urologista. Sexta (14), sábado (15) e Domingo (16), o HMI teve uma agenda lotada de procedimentos com seus profissionais especialistas.

Outro setor que trabalhou bastante neste final de semana foi o de obstetrícia. A Dra. Eva Cristina e a equipe obstétrica do HMI realizaram vários partos. No puerpério (alojamento) encontram-se as mães com seus recém-nascidos. Há inclusive um casal gêmeos, nascidos de parto cesariano no HMI.


Os partos ocorridos desde sábado (15) foram:

– Ana Lúcia S. Santos; Varjota – parto cesariano.

– Maria Jumara G. Silva; Ipu – parto normal.

– Maria Neiliane de A. Silva; Ipu – parto cesariano.

– Zenilda Ferreira de Sousa; Ipu – parto cesariano

– Cristina Lino M. da Silva; Ipu – com parto gemelar feito por cesariana.

A atual gestão conseguiu mudar a cara da saúde ipuense que antes era usada como “Cabide de Emprego” e tratada como “Uma Barca Furada” que vivia jogada de mãos em mãos, chegando a ser administrada por gestores da saúde que chegavam a passar apenas um mês na Autarquia de Saúde Hospitalar tornando impossível que uma saúde de qualidade fosse oferecido aos ipuenses.

Saber o total de gestores, que durante os 04 anos da gestão passada estiveram no comando da Autarquia de Saúde Hospitalar é complicado, tamanha a quantidade, pois a saúde ipuense parecia uma “Batata Quente” que ninguém queria segurar. O pior é que além da falta de investimentos durante a gestão passada, ainda teve gestor que ficou apenas um mês no comanda e ainda conseguiu a proeza de ter suas contas rejeitadas pelo TCM que lhe aplicou multas pelas irregularidades. Não sei se ainda cabe recurso no TCM pelas multas.


Durante a desastrosa gestão passada
, no HMI só existiam ambulâncias sucateadas ou quebradas. Os salários ficaram atrasados: novembro, dezembro e 13 terceiro de 2011 e ainda agosto e dezembro de 2012. A gestão passada terminou com uma única pessoa da Secretaria de Saúde recebendo seu salário, justamente uma ex-secretária de saúde. Aos servidores, o “Natal da Liseira”.

Ainda durante a gestão passada, vários médicos especialistas foram embora por falta de pagamentos e restou para o município uma dívida de R$ 2.900.000,00 (dois milhões e novecentos mil reais) sendo que R$ 1.518.000,00 (um milhão e quinhentos e dezoito mil reais) somente com servidores. O restante da dívida foi com os fornecedores. Durante a atual gestão não existem atrasados de salários e nem dividas com os fornecedores. Ouça o áudio: “Cabide de Emprego” e “Barca Furada”.

Ouça os áudios do site Aconteceu Ipu (Afrânio Soares) e da Rádio Regional Am de Ipu

Com a atual gestão Respeito e Transparência do prefeito Sérgio Rufino (PCdoB), a saúde passou a ser tratada com responsabilidade e os recursos vieram e estão sendo aplicados. Os médicos que foram embora da cidade durante a gestão passada por falta de pagamento estão de volta, pois a fama do atual prefeito é de um bom administrador e pagador, nunca tendo atrasado os salários dos médicos e profissionais da saúde.

Na atual gestão da Autarquia de Saúde Hospitalar, o município possui dois competentes profissionais, o Dr. Asarias Araújo (Diretor do HMI) e o Dr. Glaidson Martins (Secretário de Saúde). Os dois profissionais estão na administração desde o início da gestão e os resultados são inegáveis e incontestáveis, pois além da melhoria nos atendimentos do HMI, o município avançou na construção de Novas Unidades Básica de Saúde e no número de equipes nos PSFs com médicos. Os avanços já renderam prêmios ao saúde ipuense que continua avançando e melhorando.

No final da gestão passada existiam apenas 06 (seis) equipes nos PSFs com médico, 05 (cinco) com odontólogo e 09 (nove) com enfermeiros. Com o atual prefeito Sérgio Rufino, o município passou de 06 (seis) para 15 equipes nos PSFs com médicos, isso é quase o “triplo”, em menos de 02 anos.

Confira como anda a saúde dos ipuenses na atual gestão

# Balanço de 2014 de Atividades do HMI

# Os avanços da saúde ipuense durante a atual gestão; Parte 1

# Os avanços da saúde ipuense durante a atual gestão; Parte 2

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!