Marroquino morre ao tentar entrar na Espanha dentro de mala

Homem tenta entrar ilegalmente na Espanha com irmão escondido em mala dentro de carro. 

Jovem morreu asfixiado. Motorista está preso acusado de homicídio culposo. 

Um marroquino de 27 anos foi encontrado morto dentro de uma mala na Espanha, ao tentar entrar ilegalmente no país neste domingo (02/08).

O jovem estava dentro do porta-malas do carro do irmão de 34 anos que embarcou legalmente no ferry que liga Melilha, enclave espanhol no Marrocos, à Almeria.

No final da viagem de cinco horas, o homem mais velho retornou ao carro e descobriu que seu irmão, dentro da mala, não estava mais respirando. Ele alertou a tripulação. Porém, os esforços para a reanimação não deram resultados. O motorista foi preso e acusado de homicídio culposo.

"Aparentemente, ele tentou ajudar o irmão a entrar clandestinamente na Espanha, escondendo-o a bordo do veículo", afirmou um porta-voz da Guarda Civil.

Em maio, duas pessoas foram presas em um incidente similar. A polícia de Ceuta, enclave espanhol no norte da África, encontrou na fronteira com o Marrocos um menino de oito anos escondido em uma mala.

O pai da criança residia na Espanha e tentou levá-lo clandestinamente para o país porque o seu salário não era suficiente para fazer um pedido de residência para o menino.

Nos últimos meses poucos refugiados tentaram chegar à Espanha por Melilha. Juntamente com o enclave de Ceuta, as duas cidades portuárias espanholas fazem fronteira com o Marrocos e são as únicas rotas terrestres entre a África e Europa.

Na segunda-feira, a polícia marroquina informou que impediu cerca de 400 migrantes africanos de entrar em Melilha. Há poucos dias, autoridades afirmaram que quatro refugiados morreram ao tentar nadar até Ceuta. Outros três foram resgatados pela Marinha marroquina.

Fonte: Mirror

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+