Modelo colombiana é presa por tráfico na China e pode ser condenada à morte

A modelo e jogadora de futebol colombiana Juliana López Sarrazola, 22, pode ser condenada à morte ou à prisão perpétua na China por tráfico de drogas, segundo informações do jornal argentino "Clarín".

Ela foi presa no dia 18 de julho, no aeroporto internacional de Baiyun, em Cantão, após autoridades chinesas encontrarem pasta base de cocaína em seu laptop, de acordo com o jornal. Agora, aguarda julgamento.

A pena para quem é condenado por tráfico de drogas, pela legislação chinesa, é a morte ou a prisão perpétua.

A modelo havia dito que iria à China para cumprir compromissos de trabalho.

Segundo o "Clarín", a família de Sarrazola, integrante da equipe de futebol Las Divas, de Medellín, já pediu notícias sobre a modelo à representação diplomática da Colômbia na China.

Fonte: Uol

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+