"Não podemos aceitar que crimes sejam cometidos disfarçados de jornalismo", diz Romário

O senador Romário (PSB-RJ) publicou em seu perfil no Facebook vídeo de seu discurso contra a notícia falsa divulgada pela revista Veja desta semana, que mostrou um extrato falso de suposta conta bancária do ex-jogador com o saldo de R$ 7,5 milhões.

A publicação reconheceu que a notícia era falsa. Pelo Twitter, Romário anunciou que está pedindo na Justiça R$ 75 milhões "por danos morais e direito de resposta na edição impressa da revista".

O banco BSI já havia emitido um comunicado informando que o extrato divulgado pela Veja é falso.

Abaixo o texto de Romário no Facebook (logo abaixo o vídeo):

Subi na tribuna do Senado agora há pouco para refutar, definitivamente, a mentira de que eu teria uma conta milionária na Suíça.

Nos últimos dias tive uma amostra, embora essa não tenha sido a primeira, do que há de pior no jornalismo, que se manifesta quando alguns profissionais pensam que detêm a exclusividade da informação e da verdade. Esse pensamento arrogante, aliado ao mau-caratismo e movido por interesses escusos, pode ter efeitos devastadores na vida de qualquer cidadão, especialmente, quando praticado por um grande veículo de comunicação.

Foi isso que a revista Veja fez ao publicar um extrato falso de uma suposta conta que que teria na Suíça. Hoje o banco acabou definitivamente com todas as dúvidas sobre o assunto com uma nota.

A revista vai responder à justiça brasileira e também à suíça.



Fonte: Brasil 247

GOSTOU? CURTA NOSSA PÁGINA E FAÇA UM COMENTÁRIO!
Compartilhar no G+