A conta de políticos em bares serão pagas com o dinheiro do povo

O Fundo Partidário, que somente em 2015 vai transferir cerca de R$ 1 bilhão do Tesouro Nacional para os partidos políticos, os nossos deputados em Brasília aprovaram, entre as propostas da reforma política, algumas benesses que serão pagas pelo povo brasileiro.

Que crise? Para os parlamentares não existe crise, pois eles aumentam as despesas do governo com pautas-bombas que se tudo for aprovada criaria que 300 bilhões de despesas para o povo brasileiro pagar a conta, e também não há necessidade de se cortar gastos, ao menos para os gastos dos parlamentares não.

Pelo projeto aprovado, até os dirigentes partidários sem mandato podem gastar à vontade o dinheiro do povo brasileiro destinado ao Fundo Partidário Bilionário, com aluguel de jatinhos para seus marqueteiros, inclusive pagando contas jantares, hospedagens e a continha dos drinks nos bares.

Pois é, enquanto o povo pobre não tem dinheiro nem para beber leite, os nossos parlamentares fazem o povo brasileiro pagar suas doses caras de drinks.

O Fundo Partidário foi criado com R$ 65 milhões anuais e foi sendo aumentado durante os anos seguintes para em 2015, enquanto muitos brasileiros estavam nas ruas, no dia 15 de março, protestando contra a presidente criando “Fora Dilma”, os parlamentares fizeram, no dia seguinte (16/03), o Fundo Partidário saltar de R$ 350 milhões para quase R$ 1 bilhão em 2015. O ninguém percebeu, pois o comentário geral era o “Fora Dilma”.

Compartilhar