Arma dispara durante abraço de casal e adolescente acaba morta no MT

Uma adolescente, de 17 anos, morreu após levar um tiro acidental disparado pelo marido, na cidade de Peixoto Azevedo, interior do Mato Grosso. Paulo Henrique confessou o crime e foi liberado.

Henrique relatou em depoimento à polícia que estava manuseando a arma em casa quando Thajela Carolina acordou e foi lhe dar um abraço.

De acordo com o delegado Claudemir de Souza, responsável pelo caso, o suspeito confessou o crime nesta segunda-feira (21).

Ao abraçar o marido, Thajela foi atingida por um tiro disparado na região do ombro. A adolescente não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O delegado afirma que não há relato de briga e/ou nenhum problema de relacionamento entre o casal.

Jov2

Questionado sobre a arma, Henrique afirmou que a jogou em um rio da cidade. No entanto, a polícia não acredita nessa afirmação.

Fonte: R7

Compartilhar