Dilma já entregou 1.948 casas em setembro; em agosto foram quase 10 mil

Mesmo com o Brasil em crise e com o governo tendo de cortar investimentos, a presidente Dilma Rousseff (PT), somente no mês de agosto, entregou quase 10 mil unidades habitacionais (casas) (Veja Aqui) e iniciou o mês de setembro da mesma forma que terminou agosto, entregando mais casas.

Campina Grande - PB, 04/09/2015. Presidenta Dilma Rousseff durante cerimônia de entrega de unidades habitacionais do Loteamento Acácio Figueiredo e Raimundo Suassuna, do Programa Minha Casa Minha Vida. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Presidenta Dilma Rousseff durante cerimônia de entrega de unidades habitacionais do Loteamento Acácio Figueiredo e Raimundo Suassuna, do Programa Minha Casa Minha Vida. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Na última sexta-feira (4) a presidente Dilma Rousseff em Campina Grande, capital paraibana, para entregar um conjunto habitacional construído pelo programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. Algumas famílias subiram ao palco e a presidente entregou chaves a elas de forma simbólica. As casas ficam no bairro da Catingueira, região da Alça Sudoeste da cidade.

Ao todo são 1.948 casas foram entregues a famílias com renda mensal de até R$ 1.600,00. O investimento foi de R$ 91.300.000,00 (noventa e três milhões e trezentos mil reais) do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). Os terrenos, orçados em R$ 1,9 milhões, foram doados pela Companhia Estadual de Habitação Popular da Paraíba (Cehap-PB). Cada casa do Residencial Acácio Figueiredo e Raimundo Suassuna é composto por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, sendo 98 unidades com banheiro para idoso e 59 destinadas a pessoas com necessidades especiais.

Segundo Dilma, 64 mil famílias na Paraíba já foram contempladas pelo programa e o condomínio inaugurado nesta sexta-feira em Campina Grande é um dos maiores do ‘Minha Casa, Minha Vida’. “Neste momento, tem 12,4 mil pessoas aqui em Campina Grande que já atingiram o sonho da casa própria”, comemorou a presidente, que encerrou seu discurso desejando que os moradores “sejam felizes dentro das casas”.

Durante a manhã, a presidente disse em entrevista a rádios da Paraíba que o programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ está entre os que não foram cortados do Orçamento para 2016, junto com outros programas sociais, como o Bolsa Família. “Nós escolhemos gastar com a casa própria para as pessoas que mais precisam”, disse durante a inauguração.

Mobilidade garantida no Orçamento

Além da questão da moradia, Dilma também garantiu que os investimentos em mobilidade são outras prioridade no Orçamento de 2016, que tem previsão de déficit de R$ 30,5 bilhões, mas que ainda pode ter o déficit abatido, mesmo incluindo a continuidade de obras em andamento. “Vamos concluir a BR 101 e o contorno de Campina Grande, na BR-230, que estão previstas nos gastos enviados ao Congresso”, disse. A presidente também destacou a transformação do trem que liga João Pessoa a Bayeux, Santa Rita e Cabedelo em VLT e a adequação de 118 km de corredores para ônibus em João Pessoa e Campina Grande.