Guaraciaba (CE): “Eu não morri e estou vivinha da silva”, diz mulher dada como morta

Um fato inusitado foi constatado na tarde desta sexta-feira (18) na cidade de Guaraciaba do Norte, na Serra da Ibiapaba.

A descoberta complica a investigação da Polícia e alivia parentes e amigos que se chocaram com a suposta morte da “Gorete de Betânia”, irmã do Zé Airton.

Uma mulher foi encontrada morta pela Polícia na tarde de ontem em Guaraciaba. (Veja Aqui). As primeiras informações diziam tratar-se de uma cigana, mas logo espalhou-se tratar-se de uma mulher chamada “Gorete” e que seria moradora de rua, bastante conhecida no município de Croatá, principalmente no distrito de Betânia, onde tem parentes.

Amigos e parentes podem até ter sofrido pela dor da perda, mas a “Gorete da Betânia”, que todos acreditavam está morta, na realidades foi encontrada viva andando pelo Centro de Guaraciaba do Norte. Ela foi fotografada, conforme é possível conferir nas imagem.

Mulher morta é confundida com a "Gorete da Betânia"
Mulher morta é confundida com a “Gorete da Betânia”

A pessoa que enviou a foto da Gorete da Betânia, inclusive, disse ter conversado com ela e que riram com a suposta morte. “Eu não morri e estou vivinha da silva”, diz Gorete da Betânia.

A polícia foi informada sobre o fato da Gorete da Betânia está viva e, inclusive, a foto foi enviada aos policiais. Caberá a Polícia identificar o cadáver que foi encontrado e confundido com a “Gorete da Betânia”. Também exite a possibilidade da vítima chamar-se “Gorete”, mas não da “Betânia”.

Fonte: Cyro Leopoldo

Compartilhar