Iguatu (CE): Hospital Regional pode suspender atendimentos a partir de outubro

O Hospital Regional de Iguatu pode suspender os serviços de atendimento médico a partir do próximo mês.

O motivo é a crise financeira enfrentada pela unidade de saúde. Os repasses de recursos estão atrasados.

O hospital, que atende a pacientes de 10 municípios da região Centro-Sul, é mantido através de convênio entre a prefeitura e os governos estadual e federal.

O professor Daniel Santos saiu de Saboeiro à procura de atendimento no Hospital Regional de Iguatu. Ele sofreu um acidente de moto e ainda está se recuperando. Mas o tratamento pode ser prejudicado devido às dificuldades financeiras do hospital.

“Já sabemos que a saúde pública deixa muito a desejar. E nessa história de parar fica em estado de calamidade. Precisamos que é ampliem e não que parem”, lamentou Daniel.

Diáriamente, centenas de pacientes de Iguatu e de outros 9 municípios procuram o Hospital Doutor Emanuel Batista de Oliveira. São em média 8 mil atendimentos por mês. As dificuldades financeiras também repercutem na qualidade.

“Passei umas três horas pra ser atendido. Isso é um descaso”, afirmou Raimundo Ferreira, agricultor.

A equipe do programa entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Estado para saber se há possibilidade de aumento no repasse de recursos para o Hospital Regional de Iguatu.

A assessoria repassou as informações do valor investido neste sábado (26), ou seja, R$ 390 mil mensais e afirmou que as negociações estão em andamento e o Governo do Estado avalia as sugestões apresentadas.

Fonte: TV Diário

Compartilhar