‘Médico falou reze e peça para Deus’, diz filho de esfaqueada pelo marido

Idosa de 64 anos está na UTI da Santa Casa de Campo Grande. Suspeito foi preso e confessa ter esfaqueado a mulher.

O filho da idosa de 64 anos esfaqueada pelo companheiro no sábado (26), em Campo Grande, conta que o estado de saúde da mãe é delicado. “A única coisa que o médico falou pra mim foi: reze e peça para Deus proteger sua mãe que talvez ela possa ter chance de escapar, mas só com muita fé mesmo”, fala o rapaz que preferiu não se identificar.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Santa Casa, a idosa passou por cirurgia e está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital, sem previsão de alta.

O suspeito do crime foi preso na manhã de domingo (27), quando tentava fugir. Ele confessa ter dado oito golpes de faca na esposa, diz que está arrependido, mas nega ter colocado fogo na residência deles.

Prisão

Segundo a Polícia Militar (PM), o crime foi na tarde de sábado (26), em uma fazenda próximo ao município de Jaraguari.

O crime aconteceu após discussão entre o suspeito e a vítima. Após ser esfaqueada, a idosa foi socorrida por familiares até o posto de saúde Nova Bahia e depois foi transferida para a Santa Casa.

O homem é caseiro da chácara. O imóvel onde eles moravam ficou destruído pelo fogo. A PM, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil estiveram no local.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) na Casa da Mulher Brasileira como feminicídio, violência doméstica e familiar na froma tentada e incêndio qualificado por violência doméstica.

Fonte: G1

Compartilhar