Objeto misterioso circunda a Terra e assombra cientistas

Um objeto gigantesco ronda a órbita da Terra secretamente há muito tempo. Alguns dizem “milhares de anos”.

O fato é que ele é chamado de “Cavaleiro Negro” e aparentemente é maior que todos os foguetes e satélites lançados pelo homem. Ele já foi visto por estações espaciais, pela NASA, por astronautas e é classificado por quem entende do assunto de “espião alienígena na Terra”. Assustado? Calma que piora!

Apesar de ele ter sido visto há cerca de 60 anos, alguns teóricos calculam que o objeto estaria em órbita na Terra há 13 mil anos.

Segundo dados que jamais foram comprovados compilados em fóruns amadores de ufologia, a máquina emite sinais de rádio em ondas ultra altas. Também é dito que o cientista genial Nikola Tesla detectou as tais ondas em suas pesquisas no final do século XIX.

nave 2

Na época, Tesla disse que os sinais recebidos eram do espaço, possivelmente por uma civilização alienígena. Segundo Tesla, talvez eram até habitantes de Marte.

Em 1928, mais sinais rítmicos característicos de uma transmissão, mas completamente indecifrável. Os sinais foram captados por uma estação de rádio na Noruega e foram registrados como “sinais de origem desconhecida”.

Mas o caso só começou a mudar em 1954, quando meios de comunicação começaram a prestar atenção aos mistérios do satélite. Dois jornais publicaram a respeito de um anúncio secreto da Força Aérea americana acerca de satélites misteriosos orbitando ao redor da Terra. Mas em 1954, nenhum país do mundo já havia lançado satélites, o que torna o caso ainda mais intrigante. Apenas em 1957, o Sputinik fo lançado pelos soviéticos.

Para deixar tudo ainda mais esquisito, o Cavaleiro Negro possui uma órbita polar, em que passa sobre os dois pólos.
Mas foi apenas a partir da década de 1960 que agências espaciais começaram a lançar satélites em órbitas polares.

Uma reportagem da revista TIME afirmou que oficiais americanos estavam nervosos com um satélite negro e misterioso com uma órbita bastante esquisita ao redor da Terra. Em 63, o astronauta Gordon Cooper afirmou ter visto um satélite negro durante uma missão da NASA.

Fonte: R7

Compartilhar