Sobral (CE): Cid Gomes declara possibilidade de concorrer à Câmara

Se eleito prefeito de Sobral no próximo ano, Ivo Gomes pode ter o forte apoio de um membro na Câmara Municipal a partir de 2017. Em visita à cidade o ex-ministro e ex-governador do Estado, Cid Gomes, irmão de Ivo, declarou que poderá disputar uma cadeira da Câmara no pleito que está por vir.

Segundo Cid Gomes, sua vontade é de não concorrer mais a cargos que já tenha assumido anteriormente e que ser vereador “seria uma boa experiência”. “É tradição na França todas as pessoas que vão encerrar a carreira política, mesmo tendo sido governador ou presidente, parar sendo vereador do seu município”, exemplificou.

Cid Gomes começou a militar na política na década de 1980, época em que cursava engenharia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Ele chegou a presidir o centro acadêmico da faculdade. Na ocasião, o irmão Ciro Gomes já era deputado estadual pelo antigo PDS.

O primeiro cargo público de Cid Gomes foi conquistado em 1990 – uma cadeira na Assembleia Legislativa do Ceará. Reeleito quatro anos mais tarde, ele comandou o Legislativo cearense em seu segundo mandato.

Em 1996, foi eleito, no primeiro turno, prefeito de Sobral, dando continuidade à tradição dos Ferreira Gomes na prefeitura da cidade. O pai, José Euclides Ferreira, comandou o município do sertão cearense entre 1977 a 1983. Em 2000, Cid Gomes se reelegeu para o cargo.

Ao final do mandato de prefeito, Cid Gomes interrompeu a carreira política para trabalhar como consultor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington (EUA).

Ele retornou ao Brasil, em 2006, para concorrer ao governo do Ceará. Na ocasião, derrotou o então governador Lúcio Alcântara, no primeiro turno, com 62,38% dos votos. Em 2010, se reelegeu com 2.436.940 votos, equivalentes a 62,31% dos votos válidos.

Fonte: Ceará Agora

Compartilhar