Ceará: Cinco açudes apresentam boas recargas, 42 registram aporte

Açude Castanhão é um dos que apresentaram destaque, segundo Cogerh.

No ano de 2017 já foi registrado um aporte total de 1.161 milhão m³. Na quinta-feira (20), o aporte foi 7,70 milhões m³.

Os açudes destaques que tiveram recarga foram: Castanhão, Itaúna, Taquara, Araras e São Pedro de Timbaúba. No total 42 açudes registraram aporte.

O nível de água nos açudes do Ceará é de 12,29%, segundo dados da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh) desta quinta-feira (20). Dos 153 açudes monitorados pela Cogerh, distribuídos em 12 bacias hidrográficas, cuja capacidade total são 18,64 bilhões m³, apresentam volume de 2,29 bilhões m³.

Atualmente, o volume de água das bacias está distribuído: Litoral (56,78%), Alto Jaguaribe (11,21%), Coreaú (78,41%), Metropolitanas (31,66%), Serra da Ibiapaba (22,63%), Médio Jaguaribe (5,52%), Salgado (16,19%), Acaraú (25,25%), Banabuiú (3,76%), Sertões de Crateús (1,72%), Curu (11,70%) e Baixo Jaguaribe (1,94%). Houve aumento do volume nas bacias Metropolitanas, Serra da Ibiapaba, Médio Jaguaribe, Acaraú e Curu.

Os açudes que estão sangrando atualmente são: Acaraú Mirim, da bacia do Acaraú, Caldeirões e Valério, da bacia do Alto Jaguaribe, Cahuipe, Maranguapinho e Itapebussu das bacias Metropolitanas, Quandú e São Pedro Timbaúba, da bacia do Litoral, Itaúna, da bacia do Coreaú. Já sangraram Tijuquinha, das bacias Metropolitanas, e Gameleira, da bacia do Litoral.

Fonte: G1
Compartilhar no G+