Tianguá (CE): Tragédia com sacoleiros na ladeira completa 10 anos

Há 10 anos, a Chapada da Ibiapaba vivenciava uma das piores tragédias automobilísticas em suas ladeiras.

Um ônibus despencou da Serra da Ibiapaba, em Tianguá, a 319 quilômetros de Fortaleza, deixando 12 mortos e 29 feridos. O acidente aconteceu na madrugada de Segunda-feira (16), em abril de 2007, no Km 304 da BR-222.

O veículo despencou de uma altura de 400 metros e ficou preso a um precipício a cerca de 100 metros do chão. O caso teve repercussão nacional e a fatalidade continua na memória dos Ibiapabanos.

De acordo com os Bombeiros da época, algumas pessoas, no desespero, caíram ao tentar sair pela janela e acabaram morrendo. Entre as vítimas fatais, três crianças. O ônibus havia sido fretado por sacoleiros que saíram das cidades de Teresina (PI) e Santa Inês (MA), com o objetivo de fazer compras em Fortaleza.

De acordo com patrulheiros da Polícia Rodoviária Federal, havia corpos presos às ferragens do ônibus, que na queda acabou parando em uma pedra da serra. A maioria dos feridos foram encaminhados para o hospital de Tianguá. As pessoas em estado mais grave, foram levados de helicóptero para a Santa Casa de Misericórdia em Sobral.

Um dos sobreviventes disse que o motorista não conseguiu diminuir a velocidade do veículo. “Quando ele (motorista) observou que era uma ladeira, tentou puxar para a quarta (marcha), para a terceira e não entrava. Todo mundo disse: `Para, para´. Mas como ele podia parar?”. Ainda segundo ele, o motorista estava entre os mortos.


Fonte: Informações sobre o acidente obtidas no ESTADÃO
Compartilhar no G+