A diferença entre as delações da JBS e da Odebrecht

Operação de propina era distribuída de forma diferente.

A Odebrecht tinha um departamento voltado para a distribuição de propinas, com operação descentralizada envolvendo 78 funcionários.

Na JBS, por sua vez, os pagamentos ficavam a cargo de, no máximo, sete pessoas. E o comando estava fortemente nas mãos de Joesley e Wesley Batista.

A Odebrecht delatou principalmente Temer, Aécio, Serra, Alckmin e apresentou provas de depósitos e reuniões que ainda estão sendo averiguados. Contra o ex-presidente Lula, também citado, não foi apresentado provas fundamentadas que ligue diretamente o ex-presidente, somente por meio de supostos intermediários.

A JBS delatou Temer e Aécio, com provas robustas sendo as mesmas filmadas e fotogravas por procuradores da Lava Jato. Dilma e Lula também foram citados, mas ainda não foram apresentadas provas fundamentadas.
Compartilhar no G+