Empresa pune funcionários fazendo-os rastejar no chão por não alcançarem metas de vendas

Uma empresa em Zhengzhou, na China, causou indignação na internet após alguns de seus funcionários serem vistos rastejando em torno de um lago local porque não conseguiram cumprir as suas metas de vendas.

O castigo humilhante foi divulgado por vários meios de comunicação locais e nas redes sociais. De acordo com os relatórios, pelo menos doze pessoas foram vistas na situação desagradável, com roupas desgastadas e alguns deles estavam sangrando por conta de hematomas e arranhões.

Quando questionado sobre o comportamento incomum, um deles disse ao repórter que estavam sendo punidos pelo seu empregador por conta do péssimo desempenho no trabalho. Um membro da equipe estava parado perto do lago para garantir que todos terminassem o seu número prescrito de voltas.

O incidente ocorreu na sexta-feira e as imagens foram imediatamente postadas no Weibo, a maior rede social da China. Milhares de internautas manifestaram-se contra o tratamento desumano dos empregados, inclusive questionando a atuação dos sindicatos. Muitos acharam estranho que os funcionários tenham cumprido as ordens da administração em vez de recusar tamanha humilhação.

Um internauta disse: “Eu acho que essas pessoas só estão obedecendo seus patrões porque elas têm medo de perder seus empregos. Espero que haja uma solução adequada para que eles possam desfrutar de um pouco de dignidade, sem custar-lhes os seus empregos”.

Este tipo de punição não é tão incomum, na China. Há cerca de dois anos, o chefe de uma empresa de cosméticos de Chongqing ordenou que parte de sua equipe rastejasse em um espaço lotado de pessoas para testar a resistência que eles teriam quando estivessem em um ambiente de pressão.

Fonte:[ CCTV ] [ Fotos: Reprodução / Weibo ]
Compartilhar no G+