Ipu (CE): Ministério Público emite recomendação sobre animais soltos em vias públicas

O Ministério Público emitiu recomendações com o objetivo de evitar acidentes provocados pela circulação de animais nas vias públicas localizadas na área urbana.

A notificação se deu através de uma provocação da Câmara de Dirigentes e Lojistas de Ipu (CDL) por meio de requerimento com base na Lei Federal nº 8.080/90.

O documento orienta que os animais encontrados nas ruas, praças, estradas ou caminhos públicos serão recolhidos ao depósito da Municipalidade. O animal recolhido em virtude do disposto neste capítulo será retirado dentro do prazo máximo de 7 (sete) dias, mediante pagamento da multa e das taxas devidas.

Não sendo retirado o animal nesse prazo, deverá a Prefeitura efetuar a sua venda em hasta pública, precedida da necessária Publicação do edital de leilão.

No artigo 249 da lei municipal nº 84/2001, diz que a manutenção de estábulos, cocheiras, galinheiros e estabelecimentos congêneres dependem de licença e fiscalização da Prefeitura, observadas as exigências sanitárias referidas no Art. 51 deste Código.

Código Penal

O Código Penal prevê pena de três meses a um ano de detenção para as pessoas que expõem a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente, caso em que se enquadram os proprietários dos animais. Já a lei estadual 13.045/00, proíbe a permanência de animais soltos, amarrados ou abandonados nas estradas de rodagem.

Fonte: Ipu Notícias
Compartilhar no G+